Com atendimento presencial suspenso, beneficiários do INSS sofrem com espera


Com o atendimento presencial do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) suspenso há cinco meses por causa da pandemia do novo coronavírus, muita gente tem se preocupado para resolver diversas questões. É o caso do aposentado Severino Ferreira, de 59 anos, que há quatro anos recebia aposentadoria pelo trabalho da vida inteira como vigilante, mas quando foi receber o benefício de julho um susto: ele havia sido suspenso por motivo de óbito.

PALAVRA CHAVE