Secretário de Educação comenta sobre greve dos professores da rede estadual de Pernambuco


Os professores da rede estadual de Pernambuco decidiram entre em greve, por conta da decisão do Governo de Pernambuco em permitir o retorno das aulas presenciais, inciando com os estudantes do ensino médio. Em assembleia realizada por meio de videoconferência, o Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Pernambuco (Sintepe) e mais de 1.500 professores e trabalhadores da rede estadual de ensino optaram por decretar a greve (antes, era estado de greve). A categoria informou ao JC Online que vai se reunir novamente com o governo estadual, na próxima sexta-feira (02), e realizar nova assembleia no dia 5 de outubro, um dia antes do inicio das aulas, para decidir se a greve vai continuar.

PALAVRA CHAVE