Parentes da mulher que morreu ao cair em fosso de elevador nas Graças pretendem entrar na justiça


Parentes da mulher de 58 anos que morreu no mês de fevereiro após cair no fosso de um elevador do prédio onde morava, no bairro das Graças, na Zona Norte do Recife, pretendem entrar na justiça cobrando punição para os culpados.  Segundo eles, até agora nem o condomínio, nem a empresa que faz a manutenção dos elevadores deram qualquer satisfação a família, que luta para superar a tragédia. Há quase oito meses Carolina Zitzlaff espera por uma resposta sobre a morte da mãe.

PALAVRA CHAVE