PF vai usar drones para monitorar eleitores e registrar os possíveis flagrantes de irregularidades


A Polícia Federal irá utilizar 13 drones no dia da votação para monitorar os eleitores e registrar os possíveis flagrantes de irregularidades.  A ideia é fiscalizar e coibir crimes como boca de urna, transporte de eleitores, entrega de santinho e compra de voto. Ao ser identificada alguma dessas situações, policiais serão deslocados para o local para prender os suspeitos.

PALAVRA CHAVE