Cresce número de mulheres vítimas da violência protegidas por monitoramento eletrônico em Pernambuco


O número de mulheres vítimas da violência protegidas por monitoramento eletrônico cresce 11% em Pernambuco, em comparação com o ano passado. O registro é de um levantamento feito pela Secretaria da Mulher do Estado. De acordo com a secretaria, 281 mulheres passaram a usar o equipamento de segurança nesse período de pandemia devido aos agressores terem sido liberados do sistema prisional.

PALAVRA CHAVE