Caso Miguel: Quase 8 horas depois, termina primeira audiência do julgamento de Sarí Corte Real


A primeira audiência de instrução e julgamento de Sari Corte Real foi concluída, nesta quinta-feira (03), e uma nova data será marcada para a continuidade dos depoimentos, iniciando por mais uma testemunha de Defesa e para o interrogatório da acusada por abandono de incapaz com resultado em morte do menino Miguel Otávio Santana da Silva, de acordo com a assessoria de imprensa do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE). A sessão começou às 9h40 na 1ª Vara de Crimes contra a Criança e o Adolescente da Capital, localizada no Centro Integrado da Criança e do Adolescente (Cica). A audiência foi conduzida pelo juiz José Renato Bizerra. No total, foram ouvidas oito testemunhas de Acusação. O Ministério Público desistiu da nona testemunha, que seria ouvida por videoconferência, e a defesa concordou. Durante a audiência, foram ouvidas ainda quatro testemunhas de Defesa. E, ao longo do trâmite do processo, serão ouvidas mais quatro testemunhas de Defesa por Carta Precatória, procedimento usado no Judiciário para ouvir testemunhas ou partes processuais que residem em outra comarca, de cidades ou estados diferentes.

PALAVRA CHAVE