Dor e muito sofrimento marcam enterro de manicure que teria sido vítima de feminicídio


O corpo da manicure Dione Gomes da Silva, de 40 anos, que teria sido vítima de feminicídio, foi enterrado no Cemitério Municipal de Camaragibe, no Grande Recife, na tarde desta quarta-feira (6).  Mesmo antes da chegada do corpo, o cenário era de dor e revolta. Uma das irmãs da vítima passou mal e foi amparada por parentes. Em sua dor, ela pedia justiça.

PALAVRA CHAVE