Abandonada sedada em uma mesa de cirurgia, mulher trans pernambucana morre em SP


A morte de uma mulher trans pernambucana vai ser investigada em São Paulo. Lorena Muniz, de 25 anos, fazia uma cirurgia para implante de silicone nos seios quando o prédio da clínica onde o procedimento era realizado sofreu um incêndio no momento em que a jovem estava sedada. Os profissionais de saúde evacuaram o prédio, mas deixaram Lorena na mesa de cirurgia sozinha, enquanto o fogo se alastrava no local. A morte foi confirmada neste domingo (21).

PALAVRA CHAVE