INFÂNCIA CIDADÃ

Contadoras de história usam folclore para falar de cidadania

Curupira, Iara e Cumadre Fulozinha foram alguns dos personagens usados para ensinar direitos e deveres aos pequenos telespectadores

Marina Tigre
Marina Tigre
Publicado em 04/10/2019 às 16:49
Luise Marques/TV Jornal
FOTO: Luise Marques/TV Jornal
Leitura:

Todos os anos, a TV Jornal promove uma campanha solidária para ajudar crianças em situação de vulnerabilidade. É o projeto Infância Cidadã, que este ano vai direcionar os donativos arrecadados à creche Manuel Quintão, em Olinda. A inciativa tem diversos parceiros e este ano contou com o talento de contatores de história.

Os artistas gravaram chamadas para a programação da TV Jornal com narrativas cujo tema passeou entre o folclore e a cidadania. Curupira, Iara e Cumadre Fulozinha foram alguns dos personagens usados para ensinar direitos e deveres aos pequenos telespectadores da emissora. Assista aos programetes.

Mariane Bigio e a Iara
A poeta cordelista usou a sereia do folclore brasileiro para falar sobre poluição dos rios.

Ilana Ventura e a Cumadre Fulozinha
A Cumadre Fulozinha é uma defensora da liberdade dos animais silvestres na historinha da cantora e contadora.

Camila Sátiro e o Boto
O Boto ficou resfriado e saiu espirrando em todo mundo. A contadora de histórias usa a situação para ensinar a como não espalhar germes por aí.

O Tapete Voador e o Saci
Mila Puntel e Bruna Peixoto contaram a história do levado Saci, que precisou levar umas broncas para não aprontar na escola.

Susana Morais e Diego Gibran e o Curupira
A cordelista e o músico contadores de história usaram música e poesia para, com ajuda do Curupira, falar de deficiência motora.

Mais Lidas