MASTITE CRÔNICA

Mulher com doença na mama faz apelo para conseguir atendimento no SUS

"Que tenham misericórdia e me ajudem de alguma forma", clamou Tatiane Dias, que sofre de mastite crônica

Gustavo Henrique
Gustavo Henrique
Publicado em 17/07/2020 às 9:40
Reprodução/TV Jornal
FOTO: Reprodução/TV Jornal
Leitura:

Uma mulher luta há meses para conseguir atendimento médico no Recife. A atendente Tatiane Dias, de 29 anos, tem uma inflamação em um dos seios e não conseguiu, até o momento, fazer o tratamento na rede pública de saúde.

Após conseguir um internamento no IMIP, ela descobriu que possui mastite crônica. Trata-se de uma doença delicada, que provoca inflamações nas glândulas mamárias, infecções e até sangramentos. Porém, mesmo com o laudo médico, Tatiane foi informada de que não conseguiria atendimento no local.

Cansada da espera e das dores que só aumentam, ela faz um apelo. "Se não pensarem por mim, pensem por minha filha. Que tem 6 anos e depende de mim. Que eles tenham misericórdia e que me ajudem de alguma forma", clamou.

Assista na reportagem

Nota do IMIP na íntegra

Em resposta à queixa da paciente T.D.A, esclarecemos ser o IMIP uma instituição de referência para atendimento em patologias de alta complexidade como, por exemplo, cânceres (inclusive de mama) e transplantes, respondendo atualmente por uma elevada demanda, associada a um rígido protocolo estabelecido para prevenir a disseminação do novo coronavírus (Sars-CoV-2), em conformidade com o determinado na Portaria SES Nº 208, de 08/06/2020, que dispõe sobre o funcionamento e as recomendações para retorno das atividades no segmento Saúde. Orientamos a referida usuária a procurar a unidade de saúde mais próxima de seu domicilio, onde receberá encaminhamento para um serviço de complexidade referência para o seu caso.

+VÍDEOS