CORONAVíRUS

Bolsonaro faz novo teste de covid-19; saiba como está o presidente

Presidente Jair Bolsonaro foi diagnosticado com a covid-19, na terça-feira (7)

Bolsonaro faz novo teste de covid-19; saiba como está o presidente

"Ainda estou positivo para o coronavírus, então a gente espera que, nos próximos dias, eu faça um novo exame e, se Deus quiser, dê tudo certo para a gente voltar logo à atividade", afirmou o presidente. - Foto: Marcello Casal Jr./ABr

Agência Brasil

O presidente Jair Bolsonaro afirmou, em uma transmissão nas redes sociais, que realizou um novo exame para covid-19 e o resultado se manteve positivo.

O presidente Jair Bolsonaro está se tratando contra o coronavírus desde o último dia 7 de julho, quando teve a confirmação da doença. Ele segue em isolamento no Palácio da Alvorada, residência oficial, de onde tem se reunido com ministros por videoconferência. 

"Ainda estou positivo para o coronavírus, então a gente espera que, nos próximos dias, eu faça um novo exame e, se Deus quiser, dê tudo certo para a gente voltar logo à atividade", afirmou o presidente.

>> Presidente Bolsonaro testa positivo para coronavírus

>> Confira o estado de saúde de Bolsonaro após diagnóstico de coronavírus

>> Poucos dias após presidente testar positivo, Michelle Bolsonaro testa negativo para covid-19

 

Hidroxocloroquina

Na transmissão, que durou pouco mais de 4 minutos, Bolsonaro falou sobre os sintomas que teve e voltou a dizer que tem tomado a hidroxicloroquina para o tratamento da covid-19.

O medicamento não tem eficácia científica comprovada contra a covid-19 e seu uso por  pacientes no tratamento da doença gera controvérsias entre médicos.

>> Brasil passa dos 2 milhões de casos acumulados de covid-19

>> Uso de máscaras pode controlar coronavírus em até 8 semanas, diz CDC

>> Pernambuco soma 74.960 casos de coronavírus e 5.772 mortes

>> Coronavírus: Pesquisa aponta que mais de mil mortes poderiam ter sido evitadas se isolamento tivesse atingido alto índice

>> Coronavírus: Médicos dizem acreditar em subnotificação de casos e mortes

"Não existe nenhum medicamento no mundo que tem comprovação científica constatada. Não to fazendo nenhuma campanha por medicamento.

Eu não recomendo nada, eu recomendo que você procure seu médico e converse com ele", acrescentou Bolsonaro, que disse ainda que a hidroxicloroquina foi receitada a ele por um médico. Desde que teve a infecção pelo novo coronavírus confirmada, ele está sendo acompanhado pela equipe médica da Presidência da República.

>> Justiça suspende obrigatoriedade dos planos de saúde incluírem exames para detectar o coronavírus

>> Rússia conclui pesquisa e planeja ter vacina contra coronavírus em agosto

>> Segunda cidade com maior número de casos, população em Jaboatão ignora o coronavírus

>> OMS: transmissão do coronavírus pode ocorrer durante procedimento médico

>> Letalidade do novo coronavírus é maior em bairros mais pobres do Recife

 

 

>> Núcleo de Apoio à Criança com Câncer afirma que doações caíram pela metade por causa do coronavírus
>> Pandemia do coronavírus: Lar do Neném pede doações para se manter
>> Delegacia de Boa Viagem e ONG fazem campanhas para arrecadar doações
>> Hospital de Câncer precisa de ajuda para continuar atendendo pacientes
>> Paróquia do Santíssimo Sacramento de Santo Antônio realiza campanha de arrecadação de máscaras para moradores de rua

A maioria das pessoas se infecta com os coronavírus comuns ao longo da vida, sendo as crianças pequenas mais propensas a se infectarem com o tipo mais comum do vírus. Os coronavírus mais comuns que infectam humanos são o alpha coronavírus 229E e NL63 e beta coronavírus OC43, HKU1.

Como prevenir o coronavírus?

O Ministério da Saúde orienta cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o coronavírus. Entre as medidas estão:

  • Lavar as mãos frequentemente com água e sabonete por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.
  • Se não houver água e sabonete, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool.
  • Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas.
  • Evitar contato próximo com pessoas doentes.
  • Ficar em casa quando estiver doente.
  • Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo.
  • Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com freqüência.
  • Profissionais de saúde devem utilizar medidas de precaução padrão, de contato e de gotículas (mascára cirúrgica, luvas, avental não estéril e óculos de proteção).
  • Para a realização de procedimentos que gerem aerossolização de secreções respiratórias como intubação, aspiração de vias aéreas ou indução de escarro, deverá ser utilizado precaução por aerossóis, com uso de máscara N95.

Confira o passo a passo de como lavar as mãos de forma adequada: 

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.