PERNAMBUCO

Chuvas causam alagamentos e deixam desalojados na Zona da Mata Sul

Os Rios Sirinhaém, Pirangi e Amaraji, na Mata Sul de Pernambuco, estão em estado de atenção

Chuvas causam alagamentos e deixam desalojados na Zona da Mata Sul

Rio Sirinhaém - Foto: Reprodução/TV Jornal

As chuvas que atingiram Pernambuco nas últimas horas foram suficientes para causar prejuízos nas cidades da Zona da Mata Sul de Pernambuco. Os Rios Sirinhaém, Pirangi e Amaraji estão em estado de atenção e, no município de Xexéu, as estradas ficaram cobertas pelas águas. De acordo com a Coordenadoria de Defesa Civil do Estado de Pernambuco (Codecipe), no município de Barreiros, 518 famílias estão desalojadas e vários moradores tentavam, na manhã deste domingo (21), deixar o bairro de Colinas Douradas, na Granja Itaperibu, gerando um grande engarrafamento.

Veja o número de famílias desalojadas por bairro:

  • Itaperibu – 18 famílias desalojadas
  • Bairro dos Lotes – 240 famílias desalojadas
  • Tibirí – 12 famílias desalojadas
  • Santa Goreti – 180 famílias desalojadas
  • Centro – 68 famílias desalojadas

Em Tamandaré, no Bairro de Santo André, área rural, 42 casas também estão alagadas, e o Engenho Oriente encontra-se ilhado.

 

Estado de alerta

A Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac) emitiu, neste domingo (21), um alerta para três rios da Zona da Mata Sul de Pernambuco por causa do volume de chuva das últimas 24 horas. Segundo a Apac, o nível do Rio Sirinhaém está acima da cota de alerta para Barra de Guabiraba. Já o município São Benedito do Sul registrou o nível do Rio Pirangi acima da cota de alerta. Áreas ribeirinhas do rio poderão ser atingidas caso o nível continue subindo. A cidade de Ribeirão registrou o nível do Rio Amaraji acima da cota de alerta, devido às chuvas registradas nas últimas 24h.

 

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.