MORTE

Morre Gustavo Bebianno, ex-ministro do governo Bolsonaro, aos 56 anos

Ex-secretário geral da Presidência da República foi vítima de um infarto fulminante

Morre Gustavo Bebianno, ex-ministro do governo Bolsonaro, aos 56 anos

Gustavo Bebianno morre aos 56 anos - Foto: Valter Campanato/Agência Brasil

Morreu, na manhã deste sábado (14), Gustavo Bebianno, ex-ministro do governo Jair Bolsonaro. De acordo com o jornal carioca O Globo, o presidente do PSDB-RJ, Paulo Marinho, disse que o ex-secretário geral da Presidência da República foi vítima de um infarto fulminante. Bebianno era pré-candidato a prefeito do Rio de Janeiro.

Ainda de acordo com a publicação, Gustavo Bebianno estava em seu sítio em Teresópolis, no estado do Rio de Janeiro, quando comunicou ao filho, por volta das 4h30, que estava passando mal. Ele teria ido foi ao banheiro para tomar um remédio e, minutos depois, caiu e teve ferimentos na cabeça. Bebianno ainda chegou a ser levado para uma unidade de saúde na cidade, mas não resistiu e morreu.

Confira entrevista que Gustavo Bebianno deu à Rádio Jornal em outubro de 2019:

Bebianno foi o primeiro a ser exonerado do governo de Bolsonaro:

Em dois meses do início do governo de Jair Bolsonaro, Gustavo Bebianno foi o primeiro ministro a ser exonerado do cargo. Na época, o porta-voz da Presidência da República, Otávio Rêgo Barros, anunciou que o presidente decidiu por exonerar o então secretário-geral da Presidência, que atualmente é ocupado pelo advogado e major da Polícia Militar do Distrito Federal Jorge Antônio de Oliveira Francisco.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.