FAKE NEWS

É falso vídeo que circula no WhatsApp mostrando suposta captura de Lázaro Barbosa, o serial killer de Brasília

Imagens circulam nas redes sociais e também foram compartilhadas no YouTube.

É falso vídeo que circula no WhatsApp mostrando suposta captura de Lázaro Barbosa, o serial killer de Brasília

Vídeo está circulando no WhatsApp e também nas redes sociais. - Foto: Reprodução / YouTube

ATUALIZAÇÃO: Veja tudo sobre as buscas por Lázaro nesta segunda-feira; polícia recebe nova denúncia de possível esconderijo.

 

Um vídeo que está circulando nas redes sociais e no aplicativo de mensagens WhatsApp e mostra a suposta captura de Lázaro Barbosa, o "Serial Killer de Brasília", não é verdadeiro. Trata-se de uma fake news. As imagens que mostram policiais capturando um homem em um matagal e acompanham a descrição "Lázaro sendo detido, Glória a Deus", não se referem à captura do homem mais procurado do Distrito Federal e de Goiás.

É possível ver que o vídeo foi gravado de um helicóptero. O som ambiente é o barulho da hélice e um dos agentes que está na aeronava elogia e parabeniza a ação dos policiais que agem para deter o suspeito. 

 

>>> Polícia recebe denúncia de possível esconderijo de Lázaro e coloca colete à prova de balas em denunciante ensta segunda-feira (21); confira.

 

Veja o vídeo

>>>Lázaro Barbosa: Polícia encontra vela com nome do 'Serial Killer de Brasília' e rã desossada; veja imagens

>>>Vídeo: câmera de segurança flagra "serial killer de Brasília" dentro de fazenda em Goiás

Agentes militares de Goiás e do Distrito Federa encontraram, nesta sexta-feira (18), uma carta que pode ter sido escrita por Lázaro Barbosa de Sousa. O homem, de 32 anos, ficou conhecido na mídia e na internet como o "Serial Killer de Brasília por ser suspeito de ter matado o pai, a mãe e dois filhos de uma família no Distrito Federal.

>>>'Serial Killer de Brasília' é suspeito de matar pai, mãe e filhos em Ceilândia e segue foragido

>>>Companheira de Lázaro Barbosa fala sobre rituais macabros, vontade de largar o crime e fé do 'Serial Killer de Brasília'

No documento, está escrito "Muitos que vivem merecem morrer alguns que morrem merece (sic) viver". O texto foi encontrado escrito em uma folha branca. A carta foi escrita à mão com uma caneta vermelha. O material estava em um esconderijo que a polícia acredita ter sido usado por Lázaro durante a fuga. 

Ainda nesta sexta-feira, agentes encontraram velas de sete dias, com algumas oferendas e até pedaços de papel com o nome completo de Lázaro. As autoridades desconfiam que o próprio suspeito tenha deixado as velas acesas para pedir proteção espiritual.

Leia, na íntegra, a carta que pode ter sido escrita por Lázaro:

"Muitos que vivem merecem morrer alguns que morrem merece (sic) viver. Você pode lhes dar vida? Então não seja tão ávido para julgar e condenar à morte. Mesmo os muitos sábios não conseguem enxergar tudo, assim como todos que vivem para ver tempos assim, não cabe a eles decidir. Temos de decidir apenas o que fazer com o tempo que nos é dado. Há outras forças agindo neste mundo além da vontade do mal.

Velas de possível ritual e rã desossada

Os grupos policiais que fazem incursões na região encontraram uma vela de sete dias nas proximidades de um milharal. Ainda de acordo com Metrópoles, em um dos locais de mata fechada, militares goianos também localizaram uma rã desossada, deixada ao lado de um facão. Parte do animal havia sido comido.

Quem é Lázaro Barbosa?

O homem mais procurado do Distrito Federal, atualmente, é o baiano Lázaro Barbosa Sousa, de 32 anos. Nascido em Barra do Mendes, onde ele cometeu ao menos dois assassinatos, o serial killer mudou de estado para dar sequência a sua empreitada criminosa.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.