DENúNCIA

Enfermeiros denunciam descaso no Hospital Getúlio Vargas

Imagens gravadas pelos próprios funcionários mostram que parte do teto do hospital desabou, com vazamento de água suja

Enfermeiros denunciam descaso no Hospital Getúlio Vargas

Buraco com vazamento de água suja no HGV - Foto: Reprodução/TV Jornal

O Hospital Getúlio Vargas (HGV), localizado no bairro do Cordeiro, na Zona Oeste do Recife, passa por problemas estruturais. Os profissionais de enfermagem, que cuidam da saúde de centenas de pacientes todos os dias, precisam passar por momentos de descanso em um local cheio de vazamentos e com parte do teto danificada.

Um vídeo gravado por uma enfermeira mostra um buraco com vazamento no teto de uma das salas do hospital. A água suja dos banheiros do primeiro andar molha as camas e deixa o andar inferior alagado. Segundo funcionários que não quiseram se identificar, as imagens foram feitas no alojamento feminino e o teto teria desabado há pouco mais de 15 dias. 

Confira

Alojamento masculino

O alojamento masculino do HGV também está com infiltrações e outros problemas, como aparelhos de ar condicionado danificados e presença de insetos e ratos. "A verdade é que não conseguimos nem ficar dentro dos alojamentos. Com isso, ficamos sem nenhuma condição de descanso e, para agravar, constantemente recebemos a visita de ratos enormes nas salas de descanso", detalhou um funcionário, que não quis se identificar. 

Não é a primeira vez

Segundo o presidente do Sindicato Profissional dos Auxiliares e Técnicos de Enfermagem de Pernambuco (Satenpe), Francis Hebert, não é a primeira vez que que o teto do hospital desaba. Ele disse que deverá ser marcada com o Governo uma audiência pública para discutir as queixas da categoria.

No mês de outubro de 2018, pacientes do HGV denunciaram descaso com a estrutura do local. Na ocasião, as pessoas estavam sem receber assistência médica e sofriam com a falta de cadeiras e macas. 

Nota

Em nota, a direção do Hospital Getúlio Vargas (HGV) informou que, após encontrar um vazamento no repouso dos técnicos de enfermagem da unidade, foi preciso quebrar parte do teto para que o trabalho de recuperação fosse feito. O vazamento já foi resolvido e agora a direção está realizando os trâmites legais para finalizar a obra, com a recuperação do teto. A TV Jornal ainda aguarda respostas a respeito da denúncia da presença de ratos dentro dos alojamentos.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.