INFâNCIA CIDADã

Aulas de música auxiliam crianças em rotina e aprendizado escolar

Segundo especialistas, o aprendizado ajuda na concentração, na disciplina e até nos conhecimentos de matemática

Aulas de música auxiliam crianças em rotina e aprendizado escolar

Alunos relatam desenvolvimento na concentração após aulas de música - Foto: Tião Siqueira/TV Jornal

As vidas de muitas crianças do Grande Recife são transformadas a partir do aprendizado de música. Segundo especialistas, as aulas ajudam na concentração, na disciplina e até nos conhecimentos de matemática.

Aprendizado e diversão

Em uma sala reservada, Laura, de apenas 10 anos, se concentra ao lado da professora para treinar as primeiras notas no piano digital, um dos inúmeros instrumentos que ela passou a ter contato, desde o início deste ano. Para a menina, o aprendizado se confunde com a diversão. "Eu tenho vontade de aprender e desenvolver a prática de tocar os instrumentos. Porque, quando eu crescer, vou poder tocar para os meus filhos, sobrinhos e amigos".

Larissa Cézar, psicóloga e mãe da Laura, já tem notado um retorno positivo das aulas no dia a dia da filha, como a melhora em sua concentração e no interesse em escutar vários tipos de música.

Escolinha do Tio Bruninho

As aulas da Laura são realizadas na escolinha do Tio Bruninho, criada há cerca de três anos, com sede no bairro de Piedade, em Jaboatão dos Guararapes.

Bruno Cesar, fundador do instituto, cantor e professor, defende: "a música é capaz de acalmar, de trazer concentração. Eu ser parte disso e, como educador, fazer que a música entre na vida dos alunos através do meu ensino, me faz muito feliz".

Conservatório

Os estudantes do Conservatório Pernambucano de Música contam como o estudo das melodias os ajudaram em matérias escolares. "Me ajudou um pouco na matemática", disse Isabele Melo, de 11 anos.

O Professor Rodrigo Leite explica que as aulas de música podem melhorar a rotina das crianças. "Ajuda na motricidade, no raciocínio lógico e na coletividade, defende o mestre.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.