OLINDA

Caxangá: rodoviários protestam contra retirada de cobradores de ônibus

O ato é contra o que a categoria diz ser a "desmobilização da função de cobrador". Nenhum ônibus saiu da garagem

Caxangá: rodoviários protestam contra retirada de cobradores de ônibus

Motoristas e cobradores se concentraram em frente à garagem da Caxangá - Foto: Cortesia

Com informações do JC Online

Motoristas de ônibus da empresa Caxangá começaram o dia com protesto, nesta quarta-feira (4), e não saíram da garagem, localizada no bairro de Peixinhos, em Olinda, na Região Metropolitana do Recife.

De acordo com a categoria, um comunicado interno da empresa informou que, desde o último dia 29 fevereiro, os cobradores de várias linhas de ônibus foram retirados. O ato é contra o que a categoria diz ser a "desmobilização da função de cobrador".

Ainda de acordo com a categoria, os cobradores dessas linhas foram mandados para casa, por não ter funções a ser desempenhadas.

Impacto

Com o protesto, nenhum ônibus saiu da garagem pela manhã. A empresa opera com 54 linhas na área norte do Recife e em Olinda.

Veja lista das linhas que tiveram os cobradores retirados

Rodoviários fazem protesto em frente à Caxangá, em Olinda, contra a retirada de cobradores

Urbana

Confira a nota do Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros (Urbana-PE) na íntegra:

A Urbana-PE reitera que não houve demissões de cobradores motivadas pelo alteração no procedimento de embarque e que tem havido um esforço das empresas para capacitar os profissionais para serem aproveitados como motorista ou em outras funções. A mudança tem ocorrido segundo definição do órgão gestor, e consentimento do próprio Sindicato dos Rodoviários, conforme convenção coletiva da categoria, e dos operadores.

>> Rodoviários fazem festa para 'celebrar' 2002 assaltos a ônibus

>> Rodoviários fazem protesto em vários pontos do Centro do Recife

>> Rodoviários bloqueiam avenidas na Zona Sul contra demissões

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.