Confusão

Representantes de movimento social afirmam ter sido agredidos por vice-prefeito de Olinda

O tumulto aconteceu após um evento do Governo de Pernambuco e acabou na delegacia

Suzyanne Freitas
Suzyanne Freitas
Publicado em 05/09/2019 às 14:02
Reprodução/TV Jornal
FOTO: Reprodução/TV Jornal
Leitura:

Um tumulto entre políticos e integrantes de movimentos sociais aconteceu na manhã, desta quarta-feira (04), após um evento do Governo do Estado, que reuniu a população para discutir questões administrativas, em frente ao Colégio Santos Dumont, em Boa Viagem, na Zona Sul do Recife.

A informação é que, quando o evento terminou, representantes do Movimento Nacional de Luta pela Moradia teriam se aproximado do Prefeito de Olinda, professor Lupércio, para cobrar a entrega de casas populares e, nesse momento, teria começado uma discussão entre os integrantes e o vice-prefeito do município, Márcio Botelho.

Segundo o coordenador do Movimento Nacional de Luta pela Moradia, Paulo André Araújo, disse que repudia a suposta agressão e informou que cerca de três mil pessoas esperam por uma moradia em Olinda.

Nota da prefeitura

A Prefeitura de Olinda rechaça veementemente a afirmação de agressão por parte do prefeito da cidade. Na manhã desta quarta-feira (04), um grupo de manifestantes se dirigiu a um evento do qual o prefeito fazia parte, agredindo verbalmente o vice-prefeito, o qual registrou boletim de ocorrência na delegacia do Varadouro contra a agressora por calúnia e injúria. A mesma agressora atacou fisicamente uma assessora integrante da comitiva da Prefeitura, como mostra o vídeo. A Prefeitura ressalta que o governo está aberto para receber todos os movimentos, desde que de forma pacífica, com respeito e com pautas dentro da legalidade

Investigação

O delegado Alfredo Jorge, da Delegacia de Boa Viagem, vai investigar a denúncia.

Mais Lidas