VIOLêNCIA

Pernambuco tem casos recentes de crianças baleadas e mortas

A tragédia da menina de 8 anos, baleada nas costas no Rio de Janeiro, faz lembrar de outras crianças vítimas da violência

Pernambuco tem casos recentes de crianças baleadas e mortas

Em Pernambuco, vários casos de crianças baleadas também ganharam repercussão. - Foto: Reprodução/TV Jornal

A morte da menina Ágatha Félix, 8 anos, com um tiro nas costas, chocou o País. Em Pernambuco, casos de crianças baleadas também ganharam repercussão. O mais recente aconteceu na última quinta-feira (19), em que um garoto de 4 anos foi morto junto com o pai, dentro de um carro, em Caruaru.

Após uma menina, de 8 anos, ser morta com um tiro nas costas, vítima de bala perdida no Complexo do Alemão, no Rio de Janeiro, na noite da última sexta-feira (20), muitas pessoas ficaram apreensivas com o grau de violência. Em Pernambuco, vários casos de crianças baleadas também ganharam repercussão. O mais recente aconteceu na última quinta-feira (19), em que um garoto de 4 anos foi morto junto com o pai, dentro de um carro, em Caruaru.

Em relação a esse caso, Matheus Luan Alves, estava com o pai, quando dois suspeitos em uma motocicleta se aproximaram do carro e um deles atirou. O menino ainda chegou a ser socorrido para o Hospital Regional do Agreste, mas não resistiu. A Polícia Civil está investigando o caso.

Agosto

No início do mês de agosto, uma criança de dois anos, e o padrasto, de 58 anos, foram assassinados a tiros na Ilha de Itamaracá, Litoral Norte de Pernambuco. A Polícia Civil afirma que dois homens encapuzados invadiram a residência e atiraram contra as vítimas. Um inquérito foi instaurado para apurar o caso.

Na segunda semana do mês, dia 14, também uma menina de três anos morreu após ser atingida por bala perdida, em Moreno, no Grande Recife. Maria Eloiza Marques da Silva, estava brincando com os amigos próximo à casa onde morava, quando dois homens armados chegaram atirando contra um rival. Dentre os tiros, uma bala acertou a cabeça da menina. Mas, o principal alvo era um homem de 21 anos, que também morreu.

Abril

Em Abril de 2013, um menino identificado por Klevison da Costa Gomes, de dez anos morreu após ser atingido por bala perdida numa troca de tiros entre suspeitos e policiais, em Jordão Baixo, no Recife. Nas investigações da polícia apontou que o tiro que matou a criança, partiu da arma de um policial militar de 28 anos, que foi indiciado por homicídio culposo.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.