HOMICíDIO

"É uma situação terrível", diz sargento dos Bombeiros sobre bebê de 8 meses degolado

A criança de apenas oito meses foi degolada e aberta na noite da última quarta pelo próprio tio

O suspeito foi preso e levado para a delegacia de Caruaru. - Foto: Reprodução/TV Jornal Interior

Após mais de 12h de desespero, a Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros foram acionados na manhã desta quinta-feira (26), e iniciaram as negociações para tentar resgatar o bebê de apenas 8 meses que já tinha sido morta e degolada pelo próprio tio, no município de Altinho, Agreste de Pernambuco.

De acordo com o sargento do Corpo de Bombeiros, Lindomar Rodrigues, afirma não estar acreditando com o ato da violência e diz ter vivido uma situação terrível com a morte da menina. "É uma situação terrível a gente ver a maldade das pessoas dessa forma, uma criança de oito meses, brutalmente assassinada, com requintes de crueldade. Degolada, aberta no peito, terrível. A cena é terrível de ser ver", contou.

O policial, Alexandre Bezerra, que também estava na operação em resgate a criança falou que não esperava tamanha brutalidade. "É o tipo de desfecho que ninguém espera. Infelizmente a criança veio a óbito, muito provavelmente, ela já está desde ontem a noite, pela forma que o cenário do crime se encontrava, e isso aí só a perícia poderá esclarecer. Mas tudo indica a crer que desde ontem a noite ela já estava sem vida", relatou.

Suspeito

O homem estava foragido e teria aparecido na casa da família. Ele também teria pedido a presença de um advogado e da imprensa.

Investigações

O suspeito foi preso e levado para a delegacia de Caruaru, onde estará investigando o caso.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.