POLêMICA

Bolsonaro acusa Leonardo Di Caprio de "colaborar" com incêndios na Amazônia

O presidente usou as redes sociais para endossar a fala do filho Eduardo Bolsonaro

Bolsonaro acusa Leonardo Di Caprio de

O presidente usou sua live para endossar a fala do filho Eduardo Bolsonaro - Foto: Redes sociais

O presidente Jair Bolsonaro aproveitou sua live nesta quinta-feira (28),  no Facebook, para endossar os ataques do filho Eduardo contra o ator Leonardo DiCaprio, a quem o culpou pelos incêndios na Amazônia. Bolsonaro ironizou as doações que o ator teria realizado para a ONG WWF-Brasil e que, segundo Bolsonaro, seria a responsável por incêndios criminosos na Amazônia.

A acusação

“Uma ONG ali pagou R$ 70 mil por uma foto fabricada de queimada. O que é mais fácil? ‘Toca’ fogo no mato. Tira foto, filma, manda para a ONG, a ONG divulga, entra em contato com o Leonardo DiCaprio e o Leonardo DiCaprio doa US$ 500 mil para essa ONG. Leonardo DiCaprio, você está colaborando com as queimadas na Amazônia”, disse Bolsonaro.

Para endossar as acusações, sem provas, Bolsonaro citou a prisão preventiva dos quatro brigadistas da organização Brigadas de Alter do Chão do Pará, acusados de serem os responsáveis por queimadas no mês de setembro. Eles foram soltos nesta quinta-feira. Bolsonaro ainda pediu que seus seguidores não façam doações as ONG’s.

“Não doe dinheiro para ONG, acabe com essa história. Não estão lá para preservar o meio ambiente, estão lá em causa própria. Estava circulando uma foto dos quatro ongueiros parece que é verdadeiro, não tenho certeza.

Os caras vivendo em luxúria de fazer inveja para qualquer trilionário e ganhando a vida como? Tacando fogo na Amazônia! Grande jogada. Taca fogo na Amazônia, divulga as imagens e ganha um dinheirinho do Leonardo DiCaprio.

Ô DiCaprio pisou na bola, hein? Pelo amor de Deus”, reiterou o presidente.

Eduardo Bolsonaro

O ataque ao ator e ativista Leonardo DiCaprio ocorre no mesmo dia em que o deputado Eduardo Bolsonaro acusou, pelas redes sociais, ator de ter doado “US$ 300.000 para a ONG que tocou fogo na Amazônia”.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.