Briga

Homem morre e outro é baleado durante briga no bairro de Boa Viagem


O baleado seria filho da vítima fatal e foi socorrido para o Hospital da Restauração

ISABEL CRISTINA ARAUJO DO NASCIMENTO
ISABEL CRISTINA ARAUJO DO NASCIMENTO
Publicado em 08/12/2019 às 16:13
Reprodução/NE10 Interior
FOTO: Reprodução/NE10 Interior
Leitura:

Um homem identificado pela polícia como Eduardo Sebastião da Silva, de 49 anos, morreu neste domingo (08), baleado na Avenida Boa Viagem, na altura da Pracinha. O filho da vítima, de 19 anos, também foi baleado e foi socorrido para o Hospital da Restauração. De acordo com informações iniciais repassadas pela Polícia Militar, os dois teriam se envolvido em uma briga, quando um homem efetuou os disparos.

De acordo com o Hospital da Restauração, o estado de saúde do filho do caminhoneiro é considerado estável.

A briga

Um parente da vítima contou que todos estavam reunidos em família e que a fatalidade foi por conta de um mal entendido.

"Estávamos em família, e resolvemos curtir um lazer. E por conta de uma senhora que passou e bateu na bebida do meu irmão, e ele reclamou com ela pedindo para ela pagar, ela foi dizer ao marido, que era policial, e ele chegou deforma agressiva tomando satisfação com meu irmão. Meu irmão então se alterou e deu um soco no homem, que se levantou sacou a arma e atirou nas costas do meu irmão, e na direção do filho dele, que se escondeu atrás das pedras. Durante uns 10 minutos ele ainda estava consciente, pedimos o socorro, porém ele não resistiu e morreu", conta.

Esclarecimento

O delegado do caso Adyr de Almeida, titular da 8ª delegacia seccional de Paulista, disse que o autor dos disparos ainda não foi identificado, nem a mulher envolvida na confusão.

"DHPP está instaurando um inquérito para apurar tudo que aconteceu, oque ficamos sabendo é que foi uma discussão uma mulher teria falado de forma ríspida coma vítima que brigou com ela, e essa mulher é desconhecida até então e ela chamou dois homens, um deles armados e acabou acontecendo a fatalidade. O homem que disparou ainda não foi identificado, porém ele teria dito a colegas que iria se entregar e até o momento estamos aguardando", disse ele.

Resposta da Polícia Militar

A terceira delegacia de homicídios está investigando o caso. Em nota, a Polícia Militar disse que o policial foi agredido por um grupo de pessoas e que atirou para se defender. A PM também instaurou um inquérito para apurar as circunstâncias dos fatos. Segundo a advogada do policial militar, ele vai se apresentar amanhã.

Notícias policiais da TV Jornal

Quer ficar acompanhando as notícias policiais da TV Jornal? Você pode ter acesso rápido a todas elas no nosso grupo, no Facebook. Acesse aqui o grupo Notícias Policiais TV Jornal.

Mais Lidas