confusão

"Você tem uma cara de homossexual terrível'', diz Jair Bolsonaro a jornalista


Durante entrevista, na saída do Palácio da Alvorada, o presidente demonstrou irritação

Robert Sarmento
Robert Sarmento
Publicado em 20/12/2019 às 16:07
Antonio Cruz/ Agência Brasil
FOTO: Antonio Cruz/ Agência Brasil
Leitura:

O presidente da República, Jair Bolsonaro criticou o Ministério Público do Rio de Janeiro (MP-RJ) e o juiz Flávio Itabaiana, do Tribunal de Justiça do Rio, por causa da operação de busca e apreensão em endereços ligados ao senador Flávio Bolsonaro e se exaltou ao falar com os jornalistas, nesta sexta-feira (20), na saída do Palácio da Alvorada - residência oficial do presidente.

>>>"Não tenho nada a ver com isso", afirma Jair Bolsonaro sobre investigação envolvendo filho<<<

>>>Karol Eller, youtuber que apoia Bolsonaro, é vítima de agressão<<<

Irritação

"Você tem uma cara de homossexual terrível, mas nem por isso eu te acuso de ser homossexual. Se bem que não é crime ser homossexual", disse o presidente a um repórter quando questionado sobre a investigação contra Flávio.

Em seguida, quando foi perguntado se teria o comprovante de empréstimo de R$ 40 mil a Fabrício Queiroz, um ex-assessor de Flávio, o presidente continuou demonstrando irritação. "Oh, rapaz, pergunte para a tua mãe o comprovante que ela deu ao teu pai, está certo?.", falou.

Apoiadores de Bolsonaro estavam em frente ao Palácio da Alvorada e a entrevista foi acompanhada por gritos de "mito" e ofensas à imprensa.

Mais Lidas