NOVO DECRETO

Coronavírus: Após decreto, veja como vai funcionar o rodízio de carros nas cinco cidades do Grande Recife

As novas medidas tem como objetivo conter o avanço do novo coronavírus em Pernambuco

Coronavírus: Após decreto, veja como vai funcionar o rodízio de carros nas cinco cidades do Grande Recife

De acordo com o governo estadual, a circulação de veículos nas cinco cidades só será permitida com o porte de documentos que justifiquem destino e finalidade - Foto: Reprodução/TV Jornal

Entre os dias 16 a 31 de maio, as cidades do Recife, Olinda, Jaboatão dos Guararapes, Camaragibe e São Lourenço da Mata, terão um rodízio de veículos. A medida já passa a ter caráter educativo a partir desta terça-feira (12) e tem como objetivo conter o avanço do novo coronavírus.O anúncio foi feito, através de coletiva de imprensa online, pelo Governo de Pernambuco.

Placas

Veículos com placas pares só vão poder circular em dias pares; e os de placas ímpares em dias ímpares. Quem desrespeitar o rodízio nas cidades anunciadas será orientado a retornar e pode ter o veículo apreendido. 

Porte de documento

De acordo com o governo estadual, a circulação de veículos nas cinco cidades só será permitida com o porte de documentos que justifiquem destino e finalidade.

Fiscalização

Ao todo, serão ativados 34 pontos de fiscalização, sendo 16 em Recife, 08 em Olinda e 08 e Jaboatão. Outros dois pontos serão instalados, sendo um em Camaragibe e outro em São Lourenço da Mata.

Exceções

As exceções serão os profissionais das áreas de Saúde, Segurança, Defesa Civil e de uso oficial. Veículos de serviços essenciais, como distribuidoras de água e gás, energia, Correios, imprensa, alimentos, funerárias, coleta de lixo, obras, guinchos e ambulâncias, táxis, ônibus e motocicletas de entrega também estão liberados.  A comprovação do vínculo de trabalho com um destes serviços deve ser feita por meio de crachá, carteira de trabalho ou documentos similares.

>>Governo decreta quarentena em cinco cidades da RMR; veja mudanças

Outras medidas:

Máscaras

Entre as medidas de proteção, estão previstas a obrigatoriedade do uso de máscaras pelos moradores e trabalhadores dessas cidades. Pessoas sem o equipamento em vias públicas serão orientadas a retornar para suas casas. Os estabelecimentos comerciais ou transporte público serão autuados quando for constatada a presença de pessoas sem o uso das máscaras.

Circulação de pessoas

A circulação de pessoas será controlada através da exigência de documento de identificação, justificativa do destino e finalidade essencial para a saída. Nas comunidades serão realizadas ações de fiscalização e fechamento de estabelecimentos comerciais, higienização de ruas e distribuição de kits de higiene, entrega de material informativo com reforço ao isolamento social e orientações de saúde. Nesses locais serão distribuídas cestas básicas, além de orientações sobre benefícios assistenciais.

Coronavírus em PE

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) confirmou, nesta segunda-feira (11), 493 novos casos de Covid-19 em Pernambuco. Entre os confirmados hoje, 212 se enquadram como Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag) e 281 são casos leves.

Agora, Pernambuco totaliza 13.768 casos já confirmados, sendo 7.368 graves e 6.400 leves. Também foram confirmados laboratorialmente 40 óbitos. Com isso, o Estado totaliza 1.087 mortes pela Covid- 19.

O que é coronavírus?

Coronavírus é uma família de vírus que causam infecções respiratórias. O novo agente do coronavírus foi descoberto em 31/12/19 após casos registrados na China.Os primeiros coronavírus humanos foram isolados pela primeira vez em 1937. No entanto, foi em 1965 que o vírus foi descrito como coronavírus, em decorrência do perfil na microscopia, parecendo uma coroa.

A maioria das pessoas se infecta com os coronavírus comuns ao longo da vida, sendo as crianças pequenas mais propensas a se infectarem com o tipo mais comum do vírus. Os coronavírus mais comuns que infectam humanos são o alpha coronavírus 229E e NL63 e beta coronavírus OC43, HKU1.

Como prevenir o coronavírus?

O Ministério da Saúde orienta cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o coronavírus. Entre as medidas estão:

  • Lavar as mãos frequentemente com água e sabonete por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.
  • Se não houver água e sabonete, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool.
  • Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas.
  • Evitar contato próximo com pessoas doentes.
  • Ficar em casa quando estiver doente.
  • Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo.
  • Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com freqüência.
  • Profissionais de saúde devem utilizar medidas de precaução padrão, de contato e de gotículas (máscara cirúrgica, luvas, avental não estéril e óculos de proteção).
  • Para a realização de procedimentos que gerem aerossolização de secreções respiratórias como intubação, aspiração de vias aéreas ou indução de escarro, deverá ser utilizado precaução por aerossóis, com uso de máscara N95.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.