HABITAçãO

Novo programa habitacional deve substituir Minha Casa Minha Vida

Desde o início do ano passado, já foram entregues 500 mil novas moradias populares no país, pelo programa Minha Casa Minha Vida

Novo programa habitacional deve substituir Minha Casa Minha Vida

Sobre o novo programa, que vai substituir o Minha Casa Minha Vida, o ministro falou que as tratativas estão sendo concluídas e o lançamento oficial pode ocorrer nos próximos 15 dias.  - Foto: Arnaldo Felix

Com informações da Agência Brasil

O governo federal se pronunciou sobre um novo programa de habitação popular. A informação foi divulgada nessa quinta-feira (2) pelo ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, durante live com o presidente Jair Bolsonaro. 

Sobre o novo programa, que vai substituir o Minha Casa Minha Vida, o ministro falou que as tratativas estão sendo concluídas e o lançamento oficial pode ocorrer nos próximos 15 dias. 

"A nossa ideia é justamente diminuir o juro habitacional, isso passa pela questão da remuneração do fundo de garantia [FGTS], já que está havendo uma diminuição da taxa Selic, e essa redução vai permitir que um número grande de famílias tenha acesso ao financiamento da casa própria", comentou.

>> Especial: programa Minha Casa Minha Vida completa 10 anos em 2019

>> Minha Casa Minha Vida: atraso em entrega vai completar 4 anos

>> Moradia e risco: a realidade de quem vive em morros e encostas no Grande Recife

>> Caixa amplia pausa para pagamento de prestação habitacional

Minha Casa Minha Vida

Rogério Marinho disse que desde o início do ano passado, já foram entregues 500 mil novas moradias populares no país, pelo programa Minha Casa Minha Vida, com investimentos, segundo ele, de R$ 5 bilhões. "Estamos fazendo retomada de empreendimentos praticamente toda semana", disse.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.