PARALISAçãO

Greve dos Caminhoneiros 2021: confira atos e movimentação pelo Brasil

A greve dos caminhoneiros começa nesta segunda-feira, 1º de fevereiro

Greve dos Caminhoneiros 2021: confira atos e movimentação pelo Brasil

Ainda sem grandes registros de atos e bloqueios, movimentações podem ser percebidas, em todo o país. - Foto: Thomaz Silva/Agência Brasil

Marcada para começar nesta segunda-feira, 1º de fevereiro, a greve dos caminhoneiros, que deve seguir por prazo indeterminado, já gera expectativa nos brasileiros, que ainda se lembram das consequências da Greve dos Caminhoneiros de 2018.

Ainda sem grandes registros de atos e bloqueios, movimentações podem ser percebidas, em todo o país.

>> Petroleiros fazem ato em apoio à greve dos caminhoneiros e contra alta de combustíveis

 

Inteligência e Segurança Corporativa Norte Nordeste - Petrobras:

Nordeste

Pernambuco

  • A PRF recolheu pneus abandonados, localizados nas proximidades de uma borracharia, na BR-232, em Belo Jardim.
  • Petroleiros e outros movimentos sociais fazem concentração e distribuição de marmitas a caminhoneiros, em posto de combustíveis, no KM 83 da BR-101, em Prazeres, Jaboatão dos Guararapes
  • No Posto Pichilau e fábrica da Coca-cola, na Vitarella, Porto de Suape (PE-60, Km 10) permanecem as viaturas ostensivas da PRF e Polícia Militar. Foram observados alguns manifestantes com camisas da CUT, com faixas, inclusive uma das lideranças dos caminhoneiros, Marconi França. Presença da imprensa no local. Caminhões saem do posto, sem interferência dos manifestantes. Trânsito fluindo normalmente.
  • Imóveis Petrobras sem anormalidades, sem bloqueios. Presença do sindicalista Almeida, Coordenador Geral do Sindipetro.

 

>> Greve dos Caminhoneiros: Justiça proíbe bloqueio de rodovias; veja quais

>> Greve dos caminhoneiros: veja as reivindicações da categoria

>> Greve dos Caminhoneiros: Veja como estão as estradas na manhã desta segunda (1º) pelo Brasil

 

Bahia

  • Concentração de caminhoneiros no km 459 da BR Vela, município de Santo Estêvão/BA. Não há interdição de pista e equipe da PRF no local.
  • Em Vitória da Conquista/BA, manifestantes incendiaram objetos, no anel viário da cidade (km 6 da BR 116). Equipe da PRF chegou ao local e debelou o fogo.
  • Em Salvador, na BR 324, manifestantes estavam se organizando para realizar manifestação na altura do km 618, imediações do posto Fonfon. A PRF foi ao local e efetuou a apreensão de 50 pneus.
  • Manifestantes atearam fogo em pneus próximo a Itatim na altura do km 516, sentido Feira de Santana e se evadiram do local.
  • Em Itatim/BA, na BR 116, km 516, às 07:27, interdição parcial da rodovia. Caminhoneiros atearam fogo em pneus e saíram do local. 5 viaturas da PRF liberaram a rodovia.
  • Em Simões Filho/BA, na BR 324, km 608, às 08:12, ocorre passeata interditando o acostamento. Fluxo normal, até o momento. PRF seguindo os manifestantes.
  • Em Riachão do Jacuípe, no Km 441 da BR 324, concentração de cerca de 30 manifestantes que estão às margens da rodovia, sem nenhum prejuízo ao tráfego. Equipe PRF Capim Grosso no local.
  • Unidades Petrobras e Distribuidoras sem anormalidades, até o momento

 

>> Greve dos Caminhoneiros ganha apoio de mais uma entidade; Bolsonaro se pronuncia 

>> Greve dos Caminhoneiros em fevereiro: confira o que se sabe até agora

>> Bolsonaro indica que não conseguirá reverter aumento de R$ 0,09 do diesel e caminhoneiros sinalizam greve

 

Sergipe

  • 05 caminhoneiros realizaram buzinaço na Orla de Atalaia às 15h.
  • Imóveis Petrobras sem anormalidades, até o momento

Alagoas

  • Nenhuma articulação ou movimento atípico detectado.
  • Imóveis Petrobras sem anormalidades, até o momento

Paraíba

  • Nenhuma articulação ou movimento atípico detectado.
  • É esperado que possíveis bloqueios promovidos por lideranças locais ocorram.
  • Espera-se manifestação em Cabedelo (km 0) e Campina Grande (km 154)
  • Imóveis Petrobras sem anormalidades, até o momento

 

>> Apelamos para eles que não façam greve", diz Bolsonaro sobre paralisação dos caminhoneiros

>> Sob pressão de nova greve dos caminhoneiros em fevereiro, governo cede a pedidos da categoria

>> Nova greve de caminhoneiros: entidade com 800 mil motoristas apoia paralisação a partir de segunda-feira

 

Rio Grande do Norte

  • Nenhuma articulação ou movimento atípico detectado.
  • Imóveis Petrobras sem anormalidades, até o momento

Ceará

  • Nenhuma articulação ou movimento atípico detectado.
  • É esperado que possíveis bloqueios promovidos por lideranças locais ocorram.
  • Adesão provavelmente será maior entre os caminhoneiros autônomos.
  • Imóveis Petrobras sem anormalidades, até o momento

Piauí

  • Nenhuma articulação ou movimento atípico detectado.
  • Imóveis Petrobras sem anormalidades, até o momento

Maranhão

  • Nenhuma articulação ou movimento atípico detectado.
  • Imóveis Petrobras sem anormalidades, até o momento

Norte

Pará

  • Em Paragominas/PA, no km 166 da BR 010, ocorreu aglomeração de 15 caminhoneiros, em tentativa de obstruir o modal viário. Equipe da PRF no local dissuadiu o protesto
  • Imóveis Petrobras sem anormalidades, até o momento

Amazonas

  • Nenhuma articulação ou movimento atípico detectado.
  • Imóveis Petrobras sem anormalidades, até o momento.

Sindipetro

No âmbito da Petrobras, FUP e FNP divulgaram apoio à paralisação. Com doações e vendas de botijão, assim como carreatas e outros atos.

Movimentação nas estradas do Brasil

O Ministério da Infraestrutura e a Polícia Rodoviária Federal (PRF) divulgaram, às 6h, boletim do monitoramento da greve dos caminhoneiros. "Todas as rodovias federais, concedidas ou sob gestão do DNIT, encontram-se com o livre fluxo de veículos, não havendo nenhum ponto de retenção total ou parcial".

São Paulo

A CCR ViaOeste, concessionária que administra a rodovia Castello Branco, informou, na manhã desta segunda-feira, 1º de fevereiro, que a greve dos caminhoneiros já interdita duas das quatro faixas da via.

O trânsito é pesado, na região das cidades de Itapevi/Jandira, do km 33 a 30, e no sentido interior do estado, na região de Barueri.

A rodovia Castello Branco é o ponto de encontro dos manifestantes, que vão seguir até a sede da Petrobras, em São Paulo.

Ao SBT, Flávio Zamith, representante do CNTRC, confirmou que não está descartado parar a rodovia presidente Dutra e também a Régis Bittencourt, durante a greve dos caminhoneiros. A ameaça foi feita, mesmo com a decisão da justiça.

O Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) proibiu, na sexta-feira (29) a obstrução da Rodovia Presidente Dutra, que liga São Paulo ao Rio de Janeiro, durante a greve dos caminhoneiros. Caso a ordem seja descumprida, a decisão estipula multa de R$ 10 mil reais para para pessoa física e R$ 100 mil reais para empresas. 

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.