DINHEIRO

Auxílio emergencial: Mais pessoas liberadas para atualização de cadastro no Caixa Tem nesta quinta (11); veja se tem direito

O objetivo do governo federal com é diminuir fraudes na rodada de pagamentos do novo auxílio emergencial


Auxílio emergencial: Mais pessoas liberadas para atualização de cadastro no Caixa Tem nesta quinta (11); veja se tem direito

Correntistas do Caixa Tem precisam atualizar seus cadastros para receber o novo auxílio emergencial - Foto: Marcello Casal Jr./ABr

Errata: Iniciamos informamos nesta matéria que o recadastramento no Caixa Tem é condição para receber o auxílio emergencial. A informação está errada. O recadastramento é pedido para evitar fraudes, e a não realização não implica em não recebimento do benefício.

A atualização do cadastro no aplicativo Caixa Tem começou na última terça-feira (09) e é feita com base nas datas de aniversário dos beneficiários do auxílio emergencial, que é pago para pessoas de baixa rende e trabalhadores informais.

O novo auxílio emergencial já foi confirmado pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, e deve ter valores de R$ 150, R$ 250 e R$ 375. O direito de atualizar do cadastro fica disponível para 100% das pessoas no dia 12 de março.

Vale lembrar que o novo auxílio emergencial necessita da aprovação da PEC Emergencial, que já foi aprovada no Senado Federal, mas aguarda votação na Câmara dos Deputados. Com isso, ainda não se tem calendário para pagamentos e saques divulgado pela Caixa Econômica Federal para o auxílio emergencial em 2021. 

Como atualizar o cadastro no Caixa Tem?

Um banner mostrando o passo a passo de como atualizar o cadastro vai aparecer na tela inicial do aplicativo Caixa Tem, e o correntista terá que seguir as orientações escritas para ter o auxílio emergencial. Deverão ser incluídas informações como foto do documento pessoal (RG ou Carteira Nacional de Habilitação), comprovante de residência e uma selfie (foto de si mesmo) segurando o próprio documento.

Calendário de atualização

Os usuários podem atualizar o cadastro de acordo com a data de aniversário do beneficiário. A medida é uma tentativa de evitar diversos acessos simultâneos na plataforma.

>> Caixa Tem, usado para pagamento do auxílio emergencial, tem calendário de atualização de cadastro divulgado pela Caixa Econômica

As atualizações têm início neste fim de semana, a partir do domingo (14), para os nascidos em janeiro.

Confira a agenda para atualizar o cadastro na Caixa Tem:

  • 14/03: nascidos em janeiro
  • 16/03: nascidos em fevereiro
  • 18/03: nascidos em março
  • 20/03: nascidos em abril
  • 22/03: nascidos em maio
  • 23/03: nascidos em junho
  • 24/03: nascidos em julho 
  • 25/03: nascidos em agosto
  • 26/03: nascidos em setembro 
  • 29/03: nascidos em outubro
  • 30/03: nascidos em novembro 
  • 31/03: nascidos em dezembro

Divisão de valores do novo auxílio

Além do público do Bolsa Família, também serão beneficiados pelo novo auxílio emergencial os inscritos no Cadastro Único e os trabalhadores informais. 

Além dos valores de R$ 250 previstos para a maior parte dos beneficiados, haverá outras duas cotas: R$ 175 para pessoas sozinhas (unifamiliar) e R$ 375 para as mulheres chefes de família (monoparentais).

  • Auxílio emergencial de R$ 175: inscritos no Bolsa Família, Cadastro Único e trabalhadores informais sozinhos (unifamiliares)
  • Auxílio emergencial de R$ 250: a maior parte dos beneficiários. Inscritos no Bolsa Família, Cadastro Único e trabalhadores informais, que não são sozinhos (unifamiliares) ou mães chefes de família (família monoparental).
  • Auxílio emergencial de R$ 375: para mulheres chefes de família (famílias monoparentais) inscritas no Bolsa Família, Cadastro Único e trabalhadoras informais

A expectativa é que o valor comece a ser pago ainda neste mês, com a aprovação da Proposta de Emenda à Constituição 186/2019, a chamada PEC Emergencial. O texto possibilita o pagamento do auxílio com créditos extraordinários sem ferir o teto de gastos públicos.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.