GOLPE NO WHATSAPP

Golpe do Dia das Mães: kit falso da Boticário instala vírus no aparelho; saiba como se proteger

Golpe é aplicado através de link no WhatsApp

Golpe do Dia das Mães: kit falso da Boticário instala vírus no aparelho; saiba como se proteger

Golpe no Whatsapp promete presente para o Dia das Mães - Foto: Pixabay

Com a proximidade do Dia das Mães, comemorado neste domingo (9), criminosos estão usando o WhatsApp para aplicar golpes em mães e filhos. Usando uma falsa propaganda do Boticário - empresa de perfumaria e cosméticos - os criminosos repassam um link, oferecendo um falso brinde com um kit de produtos da marca. Ao clicar no link, a vítima pode ter o celular contaminado por um vírus e ter dados sigilosos roubados. 

O link vem acompanhado com a frase “Olha esse pra sua mãe!”. Ao clicar, a vítima é redirecionada para sites ilegais que podem roubas informações como senhas bancárias, ter acesso à agenda de contatos e, possivelmente, até mesmo clonar o WhatsApp. Portanto, ao receber este tipo de conteúdo, o melhor a fazer é não clicar no endereço eletrônico. 

Não é a primeira vez que os bandidos usam esse tipo de golpe. Em outros anos, o Boticário divulgou comunicado afirmando que não realiza sorteios de kits de Dia das Mães pelo WhatsApp. Nos comunicados anteriores, a empresa também afirmou que estes links representam “um risco”. Por enquanto, a única interação oficial da empresa com o WhatsApp é por meio do site oficial da companhia. 

Como se proteger

Para se proteger, especialistas recomendam a utilização de um programa de segurança no celular ou tablet em que você usa o WhatsApp. Além disso, é preciso manter o sistema operacional sempre atualizado.

E valem sempre aquelas recomendações básicas:

  • não acredite em tudo que chega pelo WhatsApp
  • sempre consulte se a promoção existe nos canais oficiais ou em sites de checagem de links, como este da Dfndr, ou este do Google.
  • não clique em URL com finais incomuns ou textos com erro de português
  • desconfie de conteúdos muito chamativos (como notícias apelativas e promoções improváveis)
  • mesmo que a mensagem venha de alguém da família, fique atento(a). Pergunte para a pessoa do que se trata o conteúdo da mensagem
  • avalie criticamente mensagens que peçam que você compartilhe conteúdo com a sua lista de contatos;
  • não responda pedidos de desconhecidos para que você compartilhe dados pessoas como cartão de crédito, conta de banco, aniversário, senhas, etc.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.