TROCA

Paulo Câmara diz que análise de imagens da violência durante protesto contribuiu para a troca do comando da PM

O anúncio da mudança do comando da Polícia Militar de Pernambuco foi feito na noite desta terça-feira (1)


Paulo Câmara diz que análise de imagens da violência durante protesto contribuiu para a troca do comando da PM

Governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), em pronunciamento oficial - Foto: Reprodução/TV Jornal

O governador Paulo Câmara (PSB) emitiu um comunicado na noite desta terça-feira (1) em que explica como se deu a troca do comando da Polícia Militar de Pernambuco, após ação violenta contra manifestantes durante protesto ocorrido no último sábado (29) contra o presidente Jair Bolsonaro.

Veja abaixo o pronunciamento na íntegra:

"Quero dizer aqui que após analisar incessantemente imagens, relatos e videos de todo o ocorrido na manifestação do último sábado, conversei com o secretário de Defesa Social e o comandante da PM sobre minha posição de que aquela ação não condiz com as tradições e valores da Polícia Militar de Pernambuco, uma instituição quase bicentenária e de tantos serviços prestados à nossa população.

O coronel Vanildo colocou seu cargo à disposição, aceitei e anuncio agora que o novo comandante da PM será o Coronel Roberto Santana.

A investigação em torno do caso continua. Hoje afastamos mais dois oficiais, além dos cinco afastados ainda no sábado. Vamos acompanhar a apuração de perto até a sua conclusão.

Quero registrar meu agradecimento ao coronel Vanildo pelos anos de dedicação ao Pacto pela Vida e ao nosso governo e conto com o trabalho do coronel Roberto para que tenhamos sempre uma polícia dura contra o crime, mas que seja guardiã dos direitos humanos e da cidadania.

Não uma polícia que atire no rosto das pessoas ou que impeça alguém ferido de ser socorrido, mas uma polícia que represente os anseios de uma sociedade pacífica, plural e democrática. Esses princípios são inegociáveis e deles jamais vamos abrir mão!

Muito obrigado!"

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.