POLÍCIA

Saiba quem são os homens suspeitos de serem comparsas de Lázaro Barbosa, o serial killer de Brasília


Um dos comparsas é apontado como ex-patrão de Lázaro Barbosa.

Gustavo Henrique Gustavo Henrique
Gustavo Henrique
Gustavo Henrique
Publicado em 25/06/2021 às 16:30
Reprodução/TV Globo
FOTO: Reprodução/TV Globo
Leitura:

Mais um desfecho da saga de captura de Lázaro Barbosa, 32 anos, conhecido na internet e na mídia como o "serial killer de Brasília". Atualmente, Lázaro é o homem mais procurado pelas forças armadas do Goiás e Distrito Federal, apontado como principal suspeito de matar quatro pessoas da mesma família em Ceilândia, Brasília.

>>>Por que o caçador Babaçu desistiu de procurar Lázaro Barbosa? Entenda

De acordo com inforamções publicadas no Correio Braziliense, um dos homens presos nessa quinta-feira (24) é um ex-patrão do criminoso. Esta sexta-feira (25) representa o 17º dia de caçada ao suspeito.

Ainda segundo a reportagem do Correio, o ex-patrão de Lázaro é um fazendeiro que se chama Elmi Caetano Evangelista, de 74 anos, morador de Girassol, distrito de Cocalzinho de Goiás, onde as buscas pelo criminoso são realizadas.

>>>Saiba quais animais Lázaro Barbosa pode ter abatido e comido durante fuga na mata

>>>Vídeo antigo mostra Lázaro Barbosa agradecendo ao ganhar bicicleta: 'Que Deus abençoe vocês'

>>>Defesa de Lázaro Barbosa se manifesta e pede proteção física e mental caso ele seja preso; veja o que diz documento

Elmi foi preso por policiais penais da Diretoria de Operações Penitenciárias (Dpoe) do Distrito Federal. No momento da prisão, ele estava dirigindo um veículo de modelo Strada, na cor branca. Ele teria desobedecido a ordem dos policiais para parar o veículo. Houve uma perseguição, os policiais interceptaram o carro e prenderam o idoso.

Com ele, os policiais encontraram duas espingardas e 50 munições, que, segundo o secretário de Segurança Pública de Goiás, Rodney Miranda, foram roubados por Lázaro em uma propriedade rural durante a fuga dos últimos dias.

Não se sabe ainda por quanto tempo Lázaro trabalhou para Elmi nem em que função, mas o Correio apurou que os serviços foram prestados em uma fazenda do idoso.

Outro comparsa preso

O outro preso na quinta-feira (25) é um caseiro de Elmi. O Correio Braziliense identificou o caseiro como Alain Reis de Santana, de 33 anos. Ele foi preso por agentes do Comando de Operações de Divisas da Polícia Militar do Estado de Goiás (COD/PCGO).

Ainda não se sabe qual a relação do caseiro com Lázaro. É possível que eles tenham trabalhado juntos na fazenda de Elmi.

Os dois presos nessa quinta-feira foram autuados por porte ilegal de armas e facilitação na fuga do criminoso.

O que diz o advogado dos suspeitos?

Os dois presos foram levados para a delegacia de Águas Lindas de Goiás. Segundo o G1, Ilan Barbosa se apresentou na frente da delegacia como advogado dos dois. O profissional disse que ambos negam participação no crime.

Ilan disse também que o fazendeiro trata um câncer e que nunca viu Lázaro. Por outro lado, o caseiro teria dito ao advogado que já viu uma pessoa parecida com Lázaro.

A polícia segue nas buscas por Lázaro e acredita que "uma rede de psicopatas" ajuda na fuga. A força-tarefa faz buscas em uma área de 50 km e tenta encontrar também outras pessoas que podem ter ajudado na fuga.

Mais Lidas