Resumo

Olimpíadas de Tóquio: confira os principais acontecimentos desta terça (3) e quadro de medalhas atualizado


Veja as principais disputas, as medalhas conquistadas pelo Brasil e os recordes quebrados nos Jogos Olímpicos realizados no Japão

Karina Costa Albuquerque
Karina Costa Albuquerque
Publicado em 03/08/2021 às 8:38
COB
FOTO: COB
Leitura:

As Olimpíadas de Tóquio vão ser disputadas até o dia 8 de agosto, dia da cerimônia de encerramento.

Confira os principais acontecimentos do maior evento esportivo do planeta, com foco nos brasileiros nas competições nos Jogos Olímpicos.

>> Olimpíadas hoje: veja horários de jogos do Brasil nesta terça (3) e quadro de medalhas atualizado

Final no futebol

Em busca do bicampeonato, o Brasil venceu o México nos pênaltis, na manhã desta terça-feira (03), e se classificou para a grande final do futebol masculino nos Jogos Olímpicos de Tóquio.

 

Bronze no boxe

O boxeador Abner Teixeira é medalhista de bronze nas Olimpíadas de Tóquio.

Na manhã desta terça-feira (03), o brasileiro caiu na semifinal da categoria peso-pesado (até 91kg) para o cubano Julio La Cruz. O combate foi definido por decisão dividida dos juízes, 4 a 1.

Ouro na vela

Martine Grael e Kahena Kunze conquistaram o bicampeonato olímpico.

Na última regata da classe 49erFX de vela, a dupla brasileira ficou em terceiro lugar, o suficiente para garantir o lugar mais alto do pódio.

A medalha de prata ficou com a dupla alemã Tina Lutz e Sussan Beucke, enquanto as holandesas Annemiek Bekkering e Anette Duetz terminaram em terceiro.

 

Martine e Kahena se tornaram as primeiras brasileiras a levar dois ouros olímpicos seguidos na vela.

As duplas Torben/Marcelo Ferreira (star) e Robert Scheidt (laser) também são bicampeãs, mas não de forma consecutiva.

Bronze no atletismo

Alison dos Santos, o Piu, conquistou a medalha de bronze para o Brasil nos 400m com barreira. Ele terminou a prova com 46s72, novo recorde sul-americano.

A medalha de ouro ficou com o norueguês Karsten Warholm, que cravou 45s94 e bateu o novo recorde mundial. O segundo lugar ficou com o norte-americano Rai Benjamin (46s17).

Aos 21 anos, o paulistano se destacou nas fases preliminares pelos bons tempos e pelo carisma. Sempre dançando na aquecimento, Alison dos Santos tomou conta dos assuntos mais comentados nas redes sociais ao longo do dia.

 

Vôlei - masculino

A seleção brasileira está na semifinal. A equipe venceu com autoridade o Japão por 3 sets a 0, com parciais de 25/20, 25/22 e 25/20, e enfrentará o Comitê Olímpico Russo em busca de uma vaga na final olímpica.

>> Com duelo marcado em Tóquio, Brasil e Rússia fizeram jogo de vôlei épico nas Olimpíadas de Londres; reveja

Canoagem - masculino

Isaquias Queiroz e Jacky Godmann ficaram em quarto lugar na categoria C2 1000m.

A final foi vencida pela dupla cubana, enquanto China (prata) e Alemanha (bronze) completaram o pódio. Isaquias Queiroz ainda disputará a C1 1000m.

Ele é o único brasileiro a subir no pódio três vezes em uma mesma edição dos Jogos, o que ocorreu em 2016, no Rio de Janeiro.

Vôlei de praia - feminino

O Brasil não tem mais representantes no vôlei de praia feminino. Ana Patrícia e Rebecca perderam para a dupla suíça Anouk Verge-Depre/Joana Heidrich por 2 sets a 1, com parciais de 19/21, 21/18 e 12/15, e foram eliminadas nas quartas de final.

A outra dupla brasileira, Ágatha e Duda, já havia caído nas oitavas.

Quadro de medalhas

Confira abaixo a situação do Brasil no quadro de medalhas:

Mais Lidas