economia

Beneficiários, pagamentos e condições: Entenda as diferenças entre o Bolsa Família e o novo Auxílio Brasil

O novo programa social é chamado Auxílio Brasil. O valor do benefício deve ser revelado em novembro de 2021

Com informações da Folha de São Paulo
Com informações da Folha de São Paulo
Publicado em 09/08/2021 às 21:05
Wellington Lima/TV Jornal
FOTO: Wellington Lima/TV Jornal
Leitura:

Após o presidente da República, Jair Bolsonaro, entregar a proposta que altera programas sociais do Governo Federal, incluindo o Bolsa Família, para criar o programa social chamado de Auxílio Brasil, muita pessoas ficaram com dúvidas sobre como ficam os pagamentos e quais as condições para continuar ou se tornar um beneficiário. De acordo com o ministro da Cidadania, João Roma, o valor do novo Bolsa Família (Auxílio Brasil) será o maior possível, pois os recursos serão do parcelamento do pagamento de precatórios e de um fundo que será criado com privatizações. Confira abaixo as diferenças entre o Bolsa Família e o Auxílio Brasil:

> O valor do Bolsa Família vai dobrar? Veja o que diz Jair Bolsonaro

> Novo Bolsa Família cumprirá teto de gastos, diz ministro da Cidadania. O que é isso? Entenda

“São duas propostas que chegam no dia de hoje que vai dar transparência e responsabilidade aos gastos, aí incluído os viés social do governo. Já decidido por nós que é uma proposta mínima de 50% do Bolsa Família, que agora se chama de Auxílio Brasil”, disse Jair Bolsonaro, após a entrega das propostas.

Bolsa Família

Beneficiários

  • Famílias em condição de extrema pobreza (renda mensal de até R$ 89 por pessoa)
  • Famílias em condição de pobreza (renda mensal entre R$ 89 e R$ 178 por pessoa) que tenham crianças ou adolescentes de 0 a 17 anos

Como são os pagamentos

  • Benefício básico: destinado a famílias em situação de extrema pobreza
  • Benefício variável: destinado a famílias em pobreza e extrema pobreza com gestantes ou pessoas até 15 anos (até 5 benefícios por família)
  • Benefício variável: destinado a famílias em pobreza e extrema pobreza com adolescentes até 17 anos (até 2 benefícios por família)
  • Benefício para superação da extrema pobreza: destinado a famílias integradas por pessoas até 15 anos e que tenham R$ 70 de renda mensal per capita. Valor: o necessário para que renda e benefícios superem R$ 70 per capita

Condições

  • Exame pré-natal
  • Acompanhamento nutricional
  • Acompanhamento de saúde
  • Mínimo de frequência escolar

Auxílio Brasil

Destinado

  • Famílias em condição de extrema pobreza (renda mensal de até R$ 89 por pessoa, segundo o padrão atual do governo)
  • Famílias em condição de pobreza (renda mensal entre R$ 89 e R$ 178 por pessoa, segundo o padrão atual do governo) com gestantes ou pessoas com idade até 21 anos

Como serão os pagamentos

  • Benefício Primeira Infância: destinado a famílias com crianças até 3 anos (pago por integrante nessa situação)
  • Benefício Composição Familiar: destinado a famílias com gestantes ou pessoas entre 3 e 21 anos (pago por integrante nessa situação)
  • Benefício de Superação da Extrema Pobreza: destinado a famílias em situação de extrema pobreza (com valor mínimo por integrante)

Benefícios previstos pelo Auxílio Brasil

  • Auxílio Esporte Escolar: aos estudantes, integrantes das famílias beneficiárias, com destaque nos Jogos Escolares Brasileiros
  • Bolsa de Iniciação Científica Junior: destinado a estudantes do programa que se destaquem em competições acadêmicas e científicas
  • Auxílio Criança Cidadã: pagamento integral ou parcial de mensalidades de creches privadas a ser pago diretamente às instituições, sendo preferencialmente beneficiadas famílias monoparentais com crianças de 2 anos e desde que a pessoa tenha atividade remunerada e não haja vagas na rede pública ou privada conveniada para atender a família
  • Auxílio Inclusão Produtiva Rural: incentivo de 3 anos que, na prática, consiste na compra por parte do governo de alimentos produzidos pelos agricultores familiares para consumo de outras famílias
  • Auxílio Inclusão Produtiva Urbana: para beneficiários do Auxílio Brasil que comprovem vínculo de emprego formal

Condições de atendimento

  • Pré-natal
  • Vacinações do calendário nacional
  • Acompanhamento do estado nutricional
  • Frequência escolar mínima
 

Mais Lidas