Saúde

Brasil recebe segunda remessa de vacina da Pfizer para crianças


Segundo lote chegou neste domingo ao aeroporto de Viracopos, em São Paulo

Agência Brasil
Agência Brasil
Publicado em 16/01/2022 às 16:23
Notícia
NE10
Brasil recebe segunda remessa de vacina pediátrica da Pfizer - FOTO: NE10
Leitura:

O Ministério da Saúde confirmou que uma segunda remessa de vacinas pediátricas contra covid-19 chegou neste domingo (16) ao aeroporto de Viracopos, em Campinas, em São Paulo.

Desta vez, foram recebidas 1,2 milhão de doses da Pfizer, a única autorizada até agora pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária ( Anvisa) para aplicação em crianças entre 5 e 11 anos.

>> Procon-PE encontra irregularidades em bares e restaurantes após nova fase do Plano de Convivência com a covid-19; veja quais

>> Teste de Covid-19: confira como realizar o teste de forma gratuita em diferentes capitais do Brasil

Segundo o secretário executivo do Ministério da Saúde, Rodrigo Cruz, a remessa mais recente estava prevista para chegar ao país apenas em 20 de janeiro, mas foi antecipada. No próximo dia 27, está prevista a chegada de mais 1,8 milhão de doses.

A primeira remessa de doses da vacina foi descarregada na madrugada da última quinta-feira (13), também em Viracopos. No dia seguinte, o estado de São Paulo aplicou a primeira vacina pediátrica contra covid-19 da Pfizer em uma criança.

“Para a imunização desse público [entre 5 e 11 anos] será necessária a autorização dos pais. No caso da presença dos responsáveis no ato da vacinação, haverá dispensa do termo por escrito. A orientação da pasta é que os pais ou responsáveis procurem a recomendação prévia de um médico antes da imunização”, disse o Ministério da Saúde.

Crianças já começaram a ser imunizadas em Pernambuco

Nessa sexta-feira (14), Pernambuco deu início a vacinação contra a covid-19 de crianças na faixa etária de 5 a 11 anos. A primeira remessa com 60 mil doses do imunizante da Pfizer/Comirnaty chegou ao Estado no final da manhã desta sexta.

A primeira criança a receber a vacina foi Maria Antônia Oliveira, de 11 anos, que tem síndrome de Down. Outras cinco crianças com síndrome de Down e uma com autismo assistidas no serviço também receberam a primeira dose da vacina, aplicada pela superintendente de Imunizações da Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE), Ana Catarina de Melo, durante o ato simbólico.


Mais Lidas