pandemia

TV Jornal registra aglomeração, pessoas sem máscara e reclamações de comerciantes em Jaboatão

Muitas atividades não essenciais ainda não podem funcionar, de acordo com o plano do Governo de Pernambuco

Robert Sarmento
Robert Sarmento
Publicado em 03/06/2020 às 17:42
Wellington Lima/TV Jornal
FOTO: Wellington Lima/TV Jornal
Leitura:

Apesar do fim do período de quarentena em cinco cidades de Pernambuco e do retorno gradativo das atividades não essenciais, os tempos da pandemia do novo coronavírus ainda não terminaram. No bairro de Prazeres, em Jaboatão dos Guararapes, nem parece que estamos em uma crise social. O comércio está lotado e muita gente sem máscara, além da reclamação dos comerciantes por não poderem abrir as lojas, já que pelo plano do Governo do Estado o varejo só voltar a funcionar no dia 15 de junho.

Reclamações

As pessoas que estão tomando cuidados com a saúde, em entrevista ao Por Dentro com Cardinot, reclamaram que tem gente que está saindo de casa para comprar produtos não essenciais ou até mesmo para passear e questionaram a falta de fiscalização da prefeitura.

Prefeitura de Jaboatão se pronuncia

A prefeitura informa que, vem realizando diversas ações, sempre no sentido de conter a propagação da doença, conscientizando a população sobre a importância de evitar aglomerações e os cuidados necessários a serem adotados quando for preciso sair de casa para realizar alguma atividade considerada essencial.

Cronograma

O cronograma lançado pelo Governo de Pernambuco mostra a previsão para o retorno de todas as funções no Estado. No entanto, ainda de acordo com o governo estadual, o comportamento da pandemia do coronavírus será avaliado semanalmente e, caso ocorra uma nova onda de casos, é possível adotar outra vez as medidas restritivas mais rígidas. Clique aqui e veja o conograma completo.

O que é coronavírus?

Coronavírus é uma família de vírus que causam infecções respiratórias. O novo agente do coronavírus foi descoberto em 31/12/19 após casos registrados na China.Os primeiros coronavírus humanos foram isolados pela primeira vez em 1937. No entanto, foi em 1965 que o vírus foi descrito como coronavírus, em decorrência do perfil na microscopia, parecendo uma coroa.

A maioria das pessoas se infecta com os coronavírus comuns ao longo da vida, sendo as crianças pequenas mais propensas a se infectarem com o tipo mais comum do vírus. Os coronavírus mais comuns que infectam humanos são o alpha coronavírus 229E e NL63 e beta coronavírus OC43, HKU1.

Como prevenir o coronavírus?

O Ministério da Saúde orienta cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o coronavírus. Entre as medidas estão:

  • Lavar as mãos frequentemente com água e sabonete por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.
  • Se não houver água e sabonete, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool.
  • Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas.
  • Evitar contato próximo com pessoas doentes.
  • Ficar em casa quando estiver doente.
  • Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo.
  • Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com freqüência.
  • Profissionais de saúde devem utilizar medidas de precaução padrão, de contato e de gotículas (mascára cirúrgica, luvas, avental não estéril e óculos de proteção).
  • Para a realização de procedimentos que gerem aerossolização de secreções respiratórias como intubação, aspiração de vias aéreas ou indução de escarro, deverá ser utilizado precaução por aerossóis, com uso de máscara N95.

+VÍDEOS