IGREJA UNIVERSAL

"Eu abri os olhos": Andressa Urach volta a criticar Igreja Universal, Edir Macedo e filha

Andressa Urach diz que membros da Universal são "escravos da religião"

Emilia Prado
Emilia Prado
Publicado em 06/05/2022 às 15:25
Notícia
Instagram/Reprodução
Andressa Urach se converteu à religião evangélica após complicações médicas, mas hoje critica a Universal - FOTO: Instagram/Reprodução
Leitura:

Nesta quinta-feira (5), a modelo e influenciadora Andressa Urach compartilhou no Instagram uma série de vídeos criticando o bispo Edir Macedo, sua filha, Cristiane Cardoso, e o sistema da Igreja Universal do Reino de Deus (Iurd).

A modelo se converteu em 2014, depois que ficou internada em estado grave por um procedimento estético com hidrogel. Andressa foi membro da Iurd por anos, e em 2022 processou o bispo pelo dízimo que pagou durante o tempo que frequentou a denominação.

"Infelizmente eu caí na Igreja Universal, porque a minha família já pertencia a esse sistema religioso, que são pessoas que estão escravas de uma religião", contou Urach nos stories.

A influenciadora, que tem quase 3 milhões de seguidores, acusou o fundador Edir Macedo e Cristiane Cardoso, filha do bispo, de lançarem palavras de maldição aos fiéis da Universal.

"Se você hoje está caído porque você aceitou essa palavra de maldição do bispo Macedo e a filha dele, Cristiane Cardoso, essa maldição está quebrada, em nome de Jesus", profetizou Andressa.

"O Espírito Santo vai abrir os olhos de muitas pessoas que são escravas", disse, se referindo aos fiéis da Universal.

Atualmente, Andressa e o marido estão frequentando a Igreja Batista da Lagoinha em Lajeado, no Rio Grande do Sul. "Eu abri os meus olhos e eu vi que existem outras igrejas que são de Deus, onde as pessoas servem por amor, e não por medo do inferno e do diabo".

Comentários

Mais Lidas