NOVO AUXíLIO EMERGENCIAL

Auxílio emergencial em 2021 de R$ 150 a R$ 300 'e poucos': após confirmação da divisão de valores, veja quanto deve receber

O presidente Jair Bolsonaro confirmou divisão de valores do novo auxílio emergencial e minimizou a redução: 'Eu preferia ter isso aí do que não ter nada'


Auxílio emergencial em 2021 de R$ 150 a R$ 300 'e poucos': após confirmação da divisão de valores, veja quanto deve receber

Bolsonaro confirma auxílio emergencial de R$ 150 a "R$ 300 e poucos" - Foto: Marcello Casal Jr./ABr

O presidente Jair Bolsonaro confirmou que a proposta do Planalto para o novo auxílio emergencial já está pronta e tem valores definidos.

"Agora, assinamos aqui, fizemos um acordo? Se não me engano, R$ 42 bilhões para mais quatro parcelas, de, média, R$ 250. Por que média? Porque tem história da mãe solteira, não sei o quê? Então varia. Vai variar de R$ 150 a R$ 300 e poucos"

Em seguida, o presidente reconheceu que o valor é baixo, mas minimizou a redução. “É pouco? Eu preferia ter isso aí do que não ter nada”, disse o presidente. 

 

>> Verba da PEC Emergencial só dá para pagar Auxílio Emergencial dos inscritos no CadÚnico

>> Volta do auxílio emergencial em 2021 entra na reta final; veja o que falta e quando devem começar pagamentos

>> Confira o primeiro possível calendário de pagamentos do auxílio emergencial em 2021

 

Como fica a divisão de valores?

O novo valor do auxílio emergencial, confirmado pelo presidente Jair Bolsonaro, será de R$ 250. No entanto, a Medida Provisória trará outros dois valores para o auxílio emergencial: R$ 175 e R$ 375.

O novo auxílio emergencial será pago por um período de quatro meses. Se realmente começar em março, seu pagamento segue até junho, totalizando quatro parcelas.

 

>> Calendário do auxílio emergencial 2021 para beneficiários do Bolsa Família: veja possíveis datas de pagamento em março e abril

>> Auxílio emergencial em 2021: valores de R$ 175, R$ 250 e R$ 375 podem aumentar?

>> Auxílio emergencial 2021: mães chefes de família vão receber valor em dobro de novo?

>> Veja como será o auxílio emergencial de R$ 175, R$ 250 e R$ 375 em 2021: parcelas, beneficiários, pagamento e outras respostas

 

Beneficiários

Além do público do Bolsa Família, também serão beneficiados pelo novo auxílio emergencial os inscritos no Cadastro Único e os trabalhadores informais. O SBT News apurou que as cotas previstas na MP, a ser publicada na próxima semana, serão diferenciadas.

Além dos valores de R$ 250 previstos para a maior parte dos beneficiados, haverá outras duas cotas: R$ 175 para pessoas sozinhas (unifamiliar) e R$ 375 para as mulheres chefes de família (monoparentais).

  • Auxílio emergencial de R$ 175: inscritos no Bolsa Família, Cadastro Único e trabalhadores informais sozinhos (unifamiliares)
  • Auxílio emergencial de R$ 250: a maior parte dos beneficiários. Inscritos no Bolsa Família, Cadastro Único e trabalhadores informais, que não são sozinhos (unifamiliares) ou chefes de família (família monoparental).
  • Auxílio emergencial de R$ 375: para mulheres chefes de família (famílias monoparentais) inscritas no Bolsa Família, Cadastro Único e trabalhadoras informais

>> Novo auxílio emergencial: quanto devem durar pagamentos e o que acontece quando acabarem?

>> Além do auxílio emergencial, programa de renda que substitua ou amplie o Bolsa Família é discutido

>> Novo auxílio emergencial será pago para quem recebe Bolsa Família? Veja o que o governo diz

>> Bolsonaro confirma média de valores do auxílio emergencial 2021 e diz que benefício pode chegar a mais de R$ 300; veja quanto você poderá receber

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.