RISCO

Veja o que fazer em caso de contato com óleo que invade litoral do NE

Todo o óleo recolhido das praias passará por tratamento para ser reutilizado

Veja o que fazer em caso de contato com óleo que invade litoral do NE

o óleo retirado das praias passa por tratamento para evitar mais poluição ao meio ambiente - Foto: Imagem: Day Santos / TV Jornal

As toneladas de óleo recolhidas nas praias pernambucanas estão sendo levadas para o Centro de Tratamento de Resíduos (CTR), que fica no município de Igarassu, na Região Metropolitana do Recife. De acordo com o Governo do Estado, a empresa, que também recebe lixo urbano, está certificada e possui licença ambiental para receber resíduos perigosos, como é o caso do petróleo que invade a costa pernambucana.

>> Mourão afirma que Exército do Recife vai reforçar ações em praias atingidas por óleo no Nordeste

>> Total de óleo recolhido nas praias de Pernambuco chega a 257 toneladas

Segundo Bertrand Alencar, superintendente da Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Sustentabilidade de Pernambuco (SEMAS), após tratado, o material será reutilizado em indústrias. 

Confira a reportagem

>> Confira os locais que recebem doação dos materiais que protegem das manchas de óleo

>> Saiba quais os riscos dos alimentos contaminados pelas manchas de óleo

 

Precaução

Quem ajuda a recolher o material na praias precisa ficar atento aos riscos gerados pelo simples contato do óleo com a pele. Para evitar a contaminação, os equipamentos de segurança individual necessários são: chapéu; máscara; luvas de borracha; botas; sacola resistente; balde e pá.

Em caso de contato, a dermatologista Carolina Coelho faz o alerta. "Se tocou, a recomendação é tirar a substância da pele imediatamente, com gelo e óleo de cozinha. Os gases, se inalados, podem causar danos no sistema neurológico da pessoa e até causar bronquite", orientou a especialista. 

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.