TRÂNSITO

Pernambuco gasta mais de R$ 500 mil com acidentados de moto por ano

Cerca de 70% dos acidentados socorridos se envolveram em acidentes com motos, segundo dados da Secretaria Estadual de Saúde.

Gustavo Henrique
Gustavo Henrique
Publicado em 02/01/2020 às 11:30
Arquivo / Agência Brasil
FOTO: Arquivo / Agência Brasil
Leitura:

Acidentes de moto viraram problema de saúde pública. Em Pernambuco, o gasto hospitalar com as vítimas desse tipo de acidente somam mais de R$ 500 mil, por ano. Esses acidentes representam mais da metade de todos que são registrados no Estado. É uma verdadeira epidemia, que superlota os hospitais públicos e deixa muitos sequelados, destruindo milhares de famílias.

Cerca de 70% dos acidentados socorridos estavam envolvidos em acidentes com motos, segundo dados da Secretaria Estadual de Saúde.

Assista

Mortes

Não é difícil flagrar motociclistas praticando irregularidades no trânsito, se arriscando e, muitas vezes, colocando outras pessoas em risco. No último dia 26 de dezembro, um acidente de moto deixou duas pessoas mortas, em Camaragibe. As vítimas estavam em uma moto, que bateu de frente com um poste.

Pernambuco

Desde 2010 que o Estado conta com um sistema de notificação obrigatória para acidentes de transporte terrestre, em 17 unidades de saúde, com serviços de ortopedia e traumatologia, incluindo Unidades de Pronto Atendimento (UPA) e emergências de hospitais.

Dados de 2018

Em 2018, foram notificados 28.850 acidentes envolvendo motos, o que representa cerca de 72% do total de acidentes. Uma média de 79 ocorrências, por dia.

+VÍDEOS