INTIMAÇÃO

Comerciantes são intimados a deixar Pátio do Livramento

Segundo eles, o prazo foi dado pela Prefeitura do Recife. Eles serão transferidos para o Cais de Santa Rita

Comerciantes são intimados a deixar Pátio do Livramento

Ao todo, 73 comerciantes da Rua Direita e Rua da Penha serão transferidos para boxes no Cais - Foto: Reprodução/TV Jornal

Os comerciantes que trabalham no Pátio do Livramento, no bairro de São José, área central do Recife, têm até este sábado (8) para retirar as mercadorias do local e levar para um novo espaço, no Cais de Santa Rita. De acordo com os trabalhadores, o prazo foi dado pela Prefeitura do Recife e pegou todos de surpresa.

Segundo a comerciante Eva Cunha, que trabalha há 15 anos na área, ela renovou o estoque de fantasias recentemente e está preocupada. "Trabalho todo ano em cima desses produtos. Estou com uma dívida de saias, pessoas que fabricaram e a gente vai ter que pagar. A minha preocupação é o que vou dizer para essa pessoa. Pelo menos, já que a gente vai sair, deixa a gente trabalhar, o que é que vai afetar 10, 8 ou 15 dias. A gente não já passou esse tempo todo?", questionou.

>> Decoração de Carnaval do Recife é pichada antes mesmo de ficar pronta

>> Moradores denunciam abandono e insegurança na Praça Maciel Pinheiro

Outro comerciante também fez críticas. Ele acredita que a mudança precisa ser prorrogada para não prejudicar os trabalhadores que se programaram para faturar com a venda de adereços de carnaval. "A gente investiu e fizemos o pedido de carnaval e chegou, agora com essa retirada", disse Felipe Santos.

"Não tem movimento"

Ao todo, 73 comerciantes da Rua Direita e Rua da Penha serão transferidos para boxes no Cais, local que, segundo eles, ainda não tem movimento. "A gente agora quer sensibilizar o prefeito. Permita que trabalhemos até o dia 21 e não façam isso agora, pois investimos", relatou a comerciante Jaudecira Souza.

Nota da prefeitura

A Prefeitura do Recife disse que a retirada faz parte do projeto novo centro comercial do Cais de Santa Rita, iniciado no ano passado. O órgão relatou ainda que 400 comerciantes já foram transferidos para o local.

A respeito do medo dos comerciantes de serem relocados para locais de pouco movimento, a prefeitura informou que está investindo em ações para atrair consumidores para o local, durante o período do carnaval.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.