FOLCLORE

Mulheres têm cabelos trançados e acreditam ser assombração Comadre Fulozinha

As mulheres do município de Agrestina contam que não conseguem desfazer o nó

Mulheres têm cabelos trançados e acreditam ser assombração Comadre Fulozinha

Mulheres afirmam ter cabelos trançados por comadre fulorzinha, em Agrestina - Foto: Reprodução/TV Jornal

Com informações do NE10 Interior

Segundo a comerciante Roseli Alaide, ela estava se preparando para entrar no banho quando foi surpreendida pela Comadre Fulozinha, que trançou seu cabelo com um nó difícil de ser desfeito. "Estávamos em casa em pleno domingo, trabalho com a feira de Santa Cruz, e quando fui tomar banho, liguei o chuveiro e já tinha acontecido. Saí, coloquei a escova e um creme dentro da sacola para ir à feira e todos me perguntaram o que era. Foi aí que caiu a ficha que poderia ser a Comadre Fulozinha", comenta. De acordo com ela, tudo aconteceu muito rápido e seu cabelo teve se ser cortado curto para tirar o nó.

Roseli explica ainda que tentou acalmar a assombração da mesma forma que a lenda comenta, com ofertas de fumo. Entretanto, segundo a cabeleireira Geneide Helena, a situação do cabelo da mulher estava impossível. "O nó do cabelo dela estava muito grande e não tinha condições de nenhuma cabeleireira no mundo desatar esses nós", explica.

História

Uma menina apaixonada pela natureza e pelos animais que morreu de forma trágica após se perder na floresta. É assim que a história da lenda popularmente conhecida como "Comadre Fulozinha" é contada em diversas regiões do nordeste do Brasil. A narrativa fala sobre um espírito de longos cabelos que busca o caminho de volta para casa e protege os animais, dando nós de cabelo naqueles que entram em seu caminho e fazendo caçadores se perderem na mata fechada.

A história é bem conhecida entre as crianças, entretanto, ganha ares de terror através de relatos contados por duas mulheres de Agrestina, no interior de Pernambuco. Para elas, o suposto contato com essa lenda foi traumatizante e suas vidas estão marcadas pela visita do Sobrenatural.

Segundo caso

A manicure Fabiana Maria também foi atacada pela suposta assombração, na mesma cidade. Segundo Fabiana, ela dormia em sua casa quando o fato aconteceu. "Eu dormi e esse nó em meu cabelo aconteceu. Já era muito tarde da noite e eu fui para a cabeleireira. Não é igual como a gente faz, mas são duas tranças extremamente complicada. Mas parecia que tinha super bonder no cabelo", explica. Se referindo ao corte do cabelo como muito difícil de desatar
Comadre Fulozinha existe? Por todo o Brasil, os relatos de alguns caçadores e agricultores são de arrepiar. Todos os que teriam presenciado os acontecimentos supostamente sobrenaturais tem medo de falar no assunto, o que deixa no ar uma dúvida, mas também alimenta o mistério da história. A lenda sobrevive no coração daqueles que acreditam nela e vai perpetuando um traço místico da cultura nordestina. E você, o que acha dessa história?

>>>Comadre Fulozinha existe? Mulheres tem cabelos trançados em Agrestina

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.