NOVO CASO

Maracaípe é mais uma praia atingida pelas manchas de óleo

A substância chegou, neste sábado (19), e moradores ajudam no recolhimento

Maracaípe é mais uma praia atingida pelas manchas de óleo

Pequenas manchas de óleo atingem a Praia de Maracaípe - Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem

Neste sábado (19), manchas de óleo foram encontradas na Praia de Maracaípe, localizada no município de Ipojuca, também no Litoral Sul de Pernambuco. O material, que está sendo retirado por voluntários, vem atingido o litoral do Nordeste. Alguns locais, inclusive, já declararam estado de emergência.

A empresária Rose Reither coletou pequenas manchas de óleo nas praias de Maracaipe e Pontal do Cupê. ''Começou a chegar na madrugada (deste sábado). Chegaram em pequenas partículas. Chegamos a tempo, antes do sol nascer e recolhemos tudo. A comunidade e o poder público e se preparou. A praia está voltando a normalidade'', informou.

>>>Olinda e Recife montam esquema para combate às manchas de óleo<<<

>>>Saiba quais são os itens de proteção necessários para retirar as manchas de óleo<<<

>>>Confira vídeos e fotos das manchas de óleo nas praias de Pernambuco<<<

 

Monitoramento

A Prefeitura de Ipojuca não havia identificado nenhuma mancha de óleo no município, até as 19h desta sexta-feira (19). O litoral ipojucano está sendo monitorado pela Secretaria de Defesa Social e pela Secretaria de Meio Ambiente. A prefeitura informou que barreiras de contenção foram instaladas na foz do Rio Maracaípe para tentar minimizar o impacto ambiental no estuário.

''Temos que aguardar a próxima maré. Ainda estamos em alerta total. A partir da 18h começa uma maior movimentação da maré. Se chegar mais, estamos prontos para isso. Nós temos 33 Km de orla''.  secretário de meio ambiente de Ipojuca, Erivelton Lacerda. 

Nota da Prefeitura do Ipojuca

A Prefeitura do Ipojuca informa, que infelizmente, o óleo chegou ao nosso litoral. Às 3h da manhã deste sábado (19), foram identificadas pequenas partículas de óleo no Pontal de Maracaípe, assim como havia chegado em setembro, de forma fragmentada. Como desde ontem, o óleo estava sendo aguardado e o Comitê Gestor de Crise já havia sido instalado pela prefeita Célia Sales desde quarta-feira (16), pudemos agir de forma rápida e mobilizar uma grande equipe de voluntários ainda de madrugada. Graças a esta integração da gestão municipal com a sociedade civil, ONGs, associações, empresários, rede hoteleira, conseguimos às 7h20 limpar todo o Pontal de Maracaípe.

Além do Pontal de Maracaípe, também identificamos óleo nas praias de Camboa, Toquinho, Merepe, Enseadinha, Cupe, Muro Alto e Serrambi. A Praia de Porto de Galinhas, até às 15h30, não havia recebido nenhuma mancha de óleo, mas o monitoramento está sendo feito de forma ostensiva nos 33km da orla ipojucana. Para isto, contamos com 40 câmeras da Central de Monitoramento da Secretaria de Defesa Social do Ipojuca.  Oitenta pessoas da Secretaria de Meio Ambiente e Controle Urbano estão divididas em nossas praias, entre eles biólogos, engenheiros de pescas, geólogos e oceanógrafos. Cento e oitenta servidores da Defesa Social entre Guardas Municipais, Defesa Civil e Salva-Vidas ajudam na segurança, monitoramento da orla, transporte, e destinação final da substância. Outras secretarias, também estão envolvidas e compõe o Comitê de Crise como a secretaria de Turismo, Infraestrutura, Governo, Comunicação, Educação, Saúde, Agricultura.

Dados de Óleo em Ipojuca

1ª aparição: 3h da manhã de sábado (19) no Pontal de Maracaípe
2 mil luvas distribuídas
2 mil máscaras
200 pares de botas
200 toneis de 200 litros de óleo (com areia) foram recolhidos, equivalente a 4 toneladas
5 papas-metralhas de óleo foram recolhidos
90 metros de barreira de contenção colocados no estuário do Rio Maracaípe

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.