vazamento de óleo

''É o maior desastre ambiental do Brasil'' diz prefeito de São José da Coroa Grande sobre manchas de óleo


O prefeito informou que foi criado um 'gabinete de crise' no município para retirar as manchas

Robert Sarmento
Robert Sarmento
Publicado em 17/10/2019 às 20:03
Cortesia
FOTO: Cortesia
Leitura:

As manchas de petróleo que atingem Estados do Nordeste deixam os poderes executivos em alerta. Em Pernambuco, um sobrevoo foi feito no litoral pelo Governo do Estado, nesta quinta-feira (17), para monitorar a situação e manchas de óleo foram encontradas no município de São José da Coroa Grande, no Litoral Sul. Diante desse fato, foi criado um 'gabinete de crise' para conter a situação.

''Nos reunimos com o CPRH, Ibama, Capitania dos Portos, Fuzileiros Navais, Defesa Civil e pescadores para conter esses avanços no nosso município. Foram 286 pessoas, sem contar os voluntários. Chegaram três manchas de óleo e nós conseguimos retirar. A gente colocou alguns barris e buchas para conter as manchas. É o maior desastre ambiental do Brasil'', afirmou o prefeito de São José da Coroa Grande, Jasiel Gonçalves Lajes.

>>>Consumidor pode remarcar viagem a praias atingidas por mancha de óleo<<<

Turismo

De acordo com o prefeito, a identificação das manchas de óleo já estão causando prejuízos financeiros ao município, além de afetar o meio-ambiente. ''As agências de turismo estão cancelando as reservas. Tem causado um prejuízo incalculável. É o prejuízo do turismo e da biodiversidade'', contou.

Mapeamento das manchas

Abaixo, você confere os dados referentes ao Ibama, sobre as praias atingidas por óleo no litoral nordestino, até o dia 16 de outubro.