Investigação

Duas pessoas, suspeitas de relação com incêndios em ônibus na RMR, são presas

A Secretaria de Defesa Social (SDS) informou que foram oito veículos atingidos

Robert Sarmento
Robert Sarmento
Publicado em 26/11/2019 às 19:09
Reprodução/TV Jornal
FOTO: Reprodução/TV Jornal
Leitura:

Duas pessoas foram detidas pela polícia por suspeita de participação nos vários ônibus que foram queimados na Região Metropolitana do Recife (RMR). De acordo com a Secretaria de Defesa Social (SDS), oito ocorrências foram registradas pelas forças de segurança pública desde a noite do último domingo (24).

Ainda de acordo com a SDS, um força-tarefa foi criada e, em todos os casos, foram instaurados inquéritos e diligências, com tomada de depoimentos, análise de imagens de câmeras e perícias criminais nos ônibus atingidos e objetos encontrados no interior dos veículos.

Os casos consumados ocorreram nos dias 24 e 25 de novembro, na cidade do Paulista, enquanto as tentativas ocorreram em Olinda, Recife e Jaboatão dos Guararapes.

>>>Confira o balanço de incêndios criminosos em ônibus no Grande Recife<<<

Transtorno

Durante a noite, desta terça-feira (26), empresas que operam transporte público na Região Metropolitana do Recife suspenderam a circulação da frota. Nos terminais integrados, passageiros foram pegos de surpresa. Em Igarassu, os ônibus retornaram às garagens. Sem opções, usuários saíram do terminal Pelópidas Silveira, em Paulista, para tentar transportes alternativos.

Por volta das 21h, todos os coletivos das empresas São Judas Tadeu e Vera Cruz foram recolhidos do terminal de Cajueiro Seco. No TI Tancredo Neves, os passageiros tentaram concluir o percurso usando táxi e transporte por aplicativo. Caos e tumulto na integração do Barro, os veículos voltaram para as garagens.

Mais Lidas