NOVO CORONAVíUS

Entenda a diferença entre quarentena, lockdown e isolamento para não confundir o atual decreto em Pernambuco

O Governo do Pernambuco decreto período de quarentena em todo o Estado, por causa dos números altos da covid-19

Entenda a diferença entre quarentena, lockdown e isolamento para não confundir o atual decreto em Pernambuco

A circulação de pessoas nas ruas está ficar ainda mais restrita em Pernambuco - Foto: Bruno Campos/JC Imagem

Robert Sarmento | Matéria atualizada em 15 de março de 2021

O aumento diário nos casos do novo coronavírus em Pernambuco fez com que o Governo estadual, através da Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE), decidiu impor o período de quarentena em todo o Estado durante 10 dias, a entre 18 e 28 de março de 2021. As medidas são para evitar a propagação do vírus. Atualmente, 95% dos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) estão ocupados. Abaixo, entenda a diferença entre lockdown, quarentena e isolamento social, atitudes que visão diminuir os caos da covid-19. 

O que é lockdown? 

É o nível mais alto de segurança, no qual as pessoas não podem entrar ou sair de um local isolado, e tem como objetivo dessa interromper qualquer atividade por um período de tempo. De acordo com O Ministério da Saúde, o lockdown pode ser necessário’’em situação de grave ameaça ao sistema de saúde”, como é a pandemia do coronavírus.

Quarentena

A Quarentena é uma medida que restringe a circulação de pessoas em áreas públicas e privadas, evitando aglomerações. O tempo varia de acordo com o planejamento e avanço da doença em cada região. No Brasil, durante a pandemia do coronavírus, cada Estado ou município estipula o prazo, sem determinação federal. 

Isolamento social

Segundo o Ministério da Saúde, o isolamento serve para separar pessoas com sintomas ou suspeitas da doença. Ainda de acordo com ministério, o isolamento é feito por um prazo de 14 dias – tempo em que o vírus leva para se manifestar no corpo – podendo ser estendido, dependendo do resultado dos exames laboratoriais. 

Decreto oficial do Governo

Durante o período de quarentena em Pernambuco, ficarão proibidos de funcionar os serviços de bares e restaurantes; shoppings e galerias comerciais; óticas; salas de cinema e teatros; academias; salão de beleza e similares; comércio varejista de vestuário, calçados, eletroeletrônicos e linha branca, cama, mesa e banho e produtos de armarinho.

> Saiba o que pode e o que não pode funcionar durante período de quarentena em Pernambuco

> Primeiro casal a ser diagnosticado com covid-19 em PE relembra dificuldades após 1 ano de pandemia

Além disso, escolas e universidades (públicas e privadas); clubes sociais , esportivos e agremiações; práticas e competições esportivas; praias, parques e praças; ciclofaixas de lazer, eventos culturais e de lazer, além dos sociais. Já as igrejas e demais templos religiosos poderão abrir para atividades administrativas e para preparação e realização de celebrações via internet.

> "Os jovens se acham invencíveis, mas podem desenvolver casos graves", diz secretário de saúde

> "A partir de agora, vamos prender todo mundo", diz secretário sobre pessoas aglomerando em PE

Antes do atual decreto, o governo estadual já havia definido medidas restritivas contra a covid-19, que seguem em vigor até o dia 17 de março de 2021. Vale lembrar que, em tempos de pandemia e isolamento social alguns serviços são indispensáveis ao atendimento das necessidades da comunidade e podem continuar em operação mesmo na quarentena em razão do vírus. No último fim de semana, várias registros de desrespeito às normas contra a covid-19 foram feitos em Pernambuco, principalmente nas praias.

O que é coronavírus?

Coronavírus é uma família de vírus que causam infecções respiratórias. O novo agente do coronavírus foi descoberto em 31/12/19 após casos registrados na China.Os primeiros coronavírus humanos foram isolados pela primeira vez em 1937. No entanto, foi em 1965 que o vírus foi descrito como coronavírus, em decorrência do perfil na microscopia, parecendo uma coroa.

A maioria das pessoas se infecta com os coronavírus comuns ao longo da vida, sendo as crianças pequenas mais propensas a se infectarem com o tipo mais comum do vírus. Os coronavírus mais comuns que infectam humanos são o alpha coronavírus 229E e NL63 e beta coronavírus OC43, HKU1.

Como prevenir o coronavírus?

O Ministério da Saúde orienta cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o coronavírus. Entre as medidas estão:

  • Lavar as mãos frequentemente com água e sabonete por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.
  • Se não houver água e sabonete, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool.
  • Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas.
  • Evitar contato próximo com pessoas doentes.
  • Ficar em casa quando estiver doente.
  • Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo.
  • Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.
  • Profissionais de saúde devem utilizar medidas de precaução padrão, de contato e de gotículas (máscara cirúrgica, luvas, avental não estéril e óculos de proteção).
  • Para a realização de procedimentos que gerem aerossolização de secreções respiratórias como intubação, aspiração de vias aéreas ou indução de escarro, deverá ser utilizado precaução por aerossóis, com uso de máscara N95.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.