COVID-19

Coronavírus: Brasil passa dos 700 mil casos e 37 mil mortes

Plataforma do Ministério da Saúde voltou a divulgar dados do coronavírus. Números são iguais aos do Conselho Nacional de Secretarias Estaduais de Saúde

Coronavírus: Brasil passa dos 700 mil casos e 37 mil mortes

Novos casos de coronavírus são confirmados - Foto: Pixabay

Agência Brasil e TV Jornal com informações do Estadão

O Brasil confirmou 679 novas mortes e 15.654 novos casos do novo coronavírus em 24 horas, segundo dados atualizados às 18h30 dessa segunda-feira (8) pelo Ministério da Saúde. A pasta havia alterado a forma de divulgar o boletim diário do coronavírus, ocultando o total de casos e de mortes. Além disso, durante quatro dias da semana passada, divulgou os dados depois das 21h. Após críticas, o Ministério voltou a divulgar os números do coronavírus no horário antigo. Agora, o Brasil passa a somar 707.412 infectados e 37.134 vítimas fatais. 

Os dados divulgados pelo Ministério batem com os apresentados pelo Conselho Nacional de Secretarias Estaduais de Saúde (Conass)

>> Secretários estaduais lançam contagem própria de casos do coronavírus

>> Coronavírus: Brasil tem maior número de mortes em 24h de toda pandemia

 

Nova plataforma

A nova plataforma interativa ainda passa por ajustes e deve apresentar também os óbitos em suas datas de ocorrência. A pasta ressaltou ainda que as informações são públicas e repassadas pelas secretarias estaduais de Saúde. O Ministério consolida as informações.

>> Confira a plataforma do Ministério da Saúde com dados do coronavírus no Brasil

O secretário executivo do Ministério da Saúde, Élcio Franco, anunciou durante entrevista coletiva na tarde dessa segunda, que os estados deverão repassar os dados diariamente até as 16h e que, se não informarem até esse horário, os dados serão contabilizados no boletim do dia seguinte.

O Ministério da Saúde se comprometeu a atualizar e divulgar diariamente todas as informações sobre covid-19 na nova plataforma, às 18h30.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.