ENTREVISTA

Bolsonaro diz que R$ 600 é ''muito'', R$ 200 é ''pouco'' e quer ''meio-termo'' sobre prorrogação do auxílio emergencial

O pagamento do auxílio emergencial pode ser prorrogado até o final de 2020 por causa da pandemia do novo coronavírus

Bolsonaro diz que R$ 600 é ''muito'', R$ 200 é ''pouco'' e quer ''meio-termo'' sobre prorrogação do auxílio emergencial

Presidente da República, Jair Bolsonaro - Foto: Divulgação/Alan Santos/Presidência da República

Com informações da Agência Brasil

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta quarta-feira (19) que o auxílio emergencial deve ser prorrogado por mais alguns meses, podendo ser estendido até o final do ano. A declaração foi dada durante cerimônia, no Palácio do Planalto, após sancionar a medida provisória que institui o Programa Emergencial de Suporte a Empregos (MP 944/20) e a que cria o Programa Emergencial de Acesso a Crédito (MP 975/20). Segundo o presidente, o valor do benefício aos informais pesa nos cofres públicos e, por isso, a prorrogação do auxílio emergencial deve ter redução nos próximos pagamentos. 

>>Auxílio emergencial será prorrogado? O valor vai diminuir? Quais os calendários? Advogado tira dúvidas

"Hoje eu tomei café com o Rodrigo Maia [presidente da Câmara dos Deputados] no [Palácio] Alvorada, também tratamos desse assunto do auxílio emergencial. Os R$ 600 pesam muito para a União. Isso não é dinheiro do povo, porque não tá guardado, isso é endividamento. E se o país se endivida demais, você acaba perdendo sua credibilidade para o futuro. Então, os R$ 600 é muito. Alguém da Economia falou em R$ 200, eu acho que é pouco. Mas dá para chegar num meio-termo e nós buscarmos que ele venha a ser prorrogado por mais alguns meses, talvez até o final do ano, de modo que nós consigamos sair dessa situação fazendo com que os empregos formais e informais voltem à normalidade e nós possamos então continuar naquele ritmo ascendente que terminamos [2019] e começamos o início desse ano", afirmou. 

>>Filas irão aumentar? Pagamento do auxílio emergencial será alterado? Superintendente da Caixa explica mudança no horário

Instituído em abril, para conter os efeitos da pandemia sobre a população mais pobre e os trabalhadores informais, o programa concede uma parcela de R$ 600 a R$ 1.200 (no caso das mães chefes de família), por mês, a cada beneficiário. Inicialmente projetado para durar três meses, o auxílio já teve um total de cinco parcelas aprovadas. Ao todo, são 66,4 milhões de pessoas atendidas. O valor desembolsado pelo governo até agora foi de R$ 161 bilhões, segundo balanço da Caixa Econômica Federal.

Quinta parcela para beneficiários do Bolsa Família

Os beneficiários do Bolsa Família começaram a receber, na terça-feira (18), a quinta parcela do auxílio emergencial. Essa é a última das cinco parcelas já anunciadas pelo Governo Federal. Serão 1,9 milhão de beneficiários por dia. 

Número final do NIS / Data de pagamento

  • NIS final 1 / 18 de agosto
  • NIS final 2 / 19 de agosto
  • NIS final 3 / 20 de agosto
  • NIS final 4 / 21 de agosto
  • NIS final 5 / 24 de agosto
  • NIS final 6 / 25 de agosto
  • NIS final 7 / 26 de agosto
  • NIS final 8 / 27 de agosto
  • NIS final 9 / 28 de agosto
  • NIS final 0 / 31 de agosto

Ciclo 1 do auxílio emergencial

Os saques e pagamentos desta etapa do auxílio emergencial fazem parte do Ciclo 1, seguindo o calendário divulgado pela Governo Federal. Os pagamentos das próximas parcelas do auxílio emergencial passou a ser organizado em ciclos de crédito na poupança social digital e saque em espécie. 

  • Recebem, de 22 de julho a 26 de agosto, e sacam, de 25 de julho a 17 de setembro, conforme o mês de nascimento:
  • Quem se cadastrou e recebeu a primeira parcela até 30 de abril (1º lote) - 4º parcela.  
  • Quem se cadastrou e recebeu a primeira parcela entre os dias 16 e 29 de maio ( 2º lote) - 3º parcela.
  • Quem foi aprovado e só recebeu a primeira parcela em junho (4º lote) - 2º parcela.
  • Quem ainda não recebeu a primeira parcela (cadastrado no programa entre os dias 17 de junho a 02 de julho de 2020 (5º lote) - 1º parcela.

Beneficiários que contestaram entre 24/04 e 19/07 e foram considerados elegíveis. Confira abaixo quem recebe, entre 05 de agosto e 17 de setembro, e qual será parcela do auxílio emergencial

  • 1º parcela - para quem contestou e foi considerado elegível entre 24/04 e 19/07.
  • 3º e 4º parcela - para quem já estava cadastrado, já tinha recebido e teve o cadastro reavaliado em julho, sendo considerado novamente elegível.

Depósito em conta

Nas datas indicadas nesse calendário, os recursos estarão disponíveis apenas para o pagamento de contas, de boletos e para realização de compras por meio de cartão de débito virtual ou QR Code.

  • Nascidos de janeiro a maio: depósito em 05/08
  • Nascidos em junho: depósito em 07/08
  • Nascidos em julho: depósito em 12/08
  • Nascidos em agosto: depósito em 14/08
  • Nascidos em setembro: depósito em 17/08
  • Nascidos em outubro: depósito em 19/08
  • Nascidos em novembro: depósito em 21/08
  • Nascidos em dezembro: depósito em 26/08

Saques e transferências

  • Nascidos de janeiro a abril: saque em 08/08
  • Nascidos em maio: saque em 13/08
  • Nascidos em junho: saque em 22/08
  • Nascidos em julho: saque em 27/08
  • Nascidos em agosto: saque em 01/09
  • Nascidos em setembro: saque em 05/09
  • Nascidos em outubro e novembro: saque também em 12/09
  • Nascidos em dezembro: saque em 17/09

Ainda tenho dúvidas. O que faço?

A prestação de informações o auxílio emergencial está disponível apenas por meio do aplicativo CAIXA | Auxílio Emergencial, do site do auxílio emergencial auxilio.caixa.gov.br e da central telefônica exclusiva 111. Confira os canais da Caixa Econômica Federal para mais informações sobre o benefício e o Caixa Tem:

  • auxilio.caixa.gov.br
  • Central de Atendimento CAIXA – 111
  • Central de Atendimento do Ministério da Cidadania – 121
  • twitter.com/caixa
  • facebook.com/caixa
  • instagram.com/caixa
  • youtube.com/user/canalcaixa

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.