COVID-19

Testes disponíveis para detectar coronavírus têm sido maior do que a procura da população

De acordo com a apuração do Por Dentro com Cardinot, a demanda diária no Recife, por exemplo, é de apenas 35% da capacidade

Testes disponíveis para detectar coronavírus têm sido maior do que a procura da população

Teste rápido para detectar o novo coronavírus - Foto: Alex Oliveira/TV Jornal

Com informações de Emerson Pereira

O que se tem observado sobre a testagem para detectar o novo coronavírus em todo o Estado de Pernambuco é que, atualmente, existem mais testes do que pacientes solicitando o exame, de acordo com o Por Dentro com Cardinot. No Recife, por exemplo, segundo a apuração da produção do programa, a demanda diária é de apenas 35% da capacidade.

>>Após primeira morte de criança por síndrome rara associada à covid-19, infectologista explica cuidados e tratamento

>>Pesquisadores afirmam ter descoberto primeiro caso de reinfecção do coronavírus e médico alerta: ''tudo indica que isso pode acontecer''

Em Pernambuco, os testes disponíveis para detectar o novo coronavírus têm sido maior do que a procura, conforme apurou o Por Dentro com Cardinot. O Recife, inclusive, tem capacidade para realizar 952 exames do tipo PCR (também conhecido como Swab), por dia, mas a média é que apenas 340 pessoas tem feito o agendamento.

‘’O RT-PCR  é aquele exame do cotonete. Deve ser feito por pessoas com sintomas suspeitos da covid-19 e deve ser feito enquanto as pessoas tiverem com sintomas do primeiro até o sétimo dia. No teste rápido, a pessoa tem que ter tido no mínimo sete dias de com sintomas e três dias sem sintomas’’, explicou a diretora executiva de saúde do Recife, Ana Sofia’’. 

>>Imunidade contra o coronavírus? Vacina da Rússia pronta? Médica faz alertas

>>Após primeira morte de criança com síndrome rara, secretário de Saúde fala sobre aumento de leitos

Agendamento

No capital pernambucana, os testes podem ser feitos em 24 unidades de saúde, mas é preciso fazer o agendamento através do programa Atende em Casa. Para acessar, é preciso informar o CPF e também o CEP da rua onde você mora. ‘’No aplicativo ou no site. Marca o dia melhor para fazer, a unidade mais perto da sua casa e o horário’’, informou a diretora. 

O que é coronavírus?

Coronavírus é uma família de vírus que causam infecções respiratórias. O novo agente do coronavírus foi descoberto em 31/12/19 após casos registrados na China.Os primeiros coronavírus humanos foram isolados pela primeira vez em 1937. No entanto, foi em 1965 que o vírus foi descrito como coronavírus, em decorrência do perfil na microscopia, parecendo uma coroa.

A maioria das pessoas se infecta com os coronavírus comuns ao longo da vida, sendo as crianças pequenas mais propensas a se infectarem com o tipo mais comum do vírus. Os coronavírus mais comuns que infectam humanos são o alpha coronavírus 229E e NL63 e beta coronavírus OC43, HKU1.

Como prevenir o coronavírus?

O Ministério da Saúde orienta cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o coronavírus. Entre as medidas estão:

  • Lavar as mãos frequentemente com água e sabonete por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.
  • Se não houver água e sabonete, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool.
  • Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas.
  • Evitar contato próximo com pessoas doentes.
  • Ficar em casa quando estiver doente.
  • Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo.
  • Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.
  • Profissionais de saúde devem utilizar medidas de precaução padrão, de contato e de gotículas (máscara cirúrgica, luvas, avental não estéril e óculos de proteção).

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.