CHUVA FORTE

Chuva torrencial alaga trecho da BR-232 e deixa órgãos em alerta em Pernambuco

Confira como está a situação da chuva forte que cai em Pernambuco no fim de semana e segue nesta segunda (12). Veja orientações dos órgãos governamentais


Chuva torrencial alaga trecho da BR-232 e deixa órgãos em alerta em Pernambuco

A população deve seguir as orientações das Defesas Civis dos seus municípios, deixando áreas de risco e evitando entrar em rios, córregos ou em locais alagados. - Foto: Divulgação/ PRF

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) informou que está ocorrendo um alagamento no km 18,3 da BR-232, em Jaboatão dos Guararapes, na Região Metropolitana do Recife. O alagamento é no sentido Recife. 

>> Apac emite novo alerta de chuva em regiões de Pernambuco

>> Além dos alagamentos e prejuízos, chuva provoca desaparecimento de homem no Grande Recife

 

Sugestão

A sugestão da PRF é evitar o trecho. Quem viaja pela BR 232, no sentido Recife, poderá entrar no quilômetro 27 da rodovia, em Moreno (logo após o antigo posto da PRF de Moreno).

Em seguida, acessar a PE 07, em direção a Jaboatão Velho, e seguir pela Avenida Barão de Lucena, até o centro da cidade. 

>> Veja onde mais teve chuva na Região Metropolitana do Recife e Zona da Mata nas últimas 24 horas

>> Recife registra 82 mm de chuvas nas últimas 24 horas; o equivalente a 25% do previsto para todo o mês de abril

>> Apac renova alerta de chuva moderada a forte para o Grande Recife, Zona da Mata e Agreste

Outros problemas

Há lama no Km 114 da BR-101, em Ipojuca, e um alagamento, no km 152 da BR-101, em Ribeirão. Também há pontos de alagamento na BR-408, o principal é no km 71, em Paudalho.

A população deve seguir as orientações das Defesas Civis dos seus municípios, deixando áreas de risco e evitando entrar em rios, córregos ou em locais alagados.
A população deve deixar áreas de risco e evitar entrar em rios, córregos ou em locais alagados.
Divulgação/ PRF

Defesa Civil de Pernambuco

A população deve seguir as orientações das Defesas Civis dos seus municípios, deixando áreas de risco e evitando entrar em rios, córregos ou em locais alagados.

As equipes da Defesa Civil do Estado permanecem em alerta 24h, e podem ser acionadas, por meio da Central de Operações pelos telefones 199 e 3181-2490.

 

Defesa Civil do Recife

A Agência Pernambucana de Águas e Clima (APAC) renova o alerta para a continuidade de chuvas moderadas a fortes no Recife, nas próximas 24 horas.

A Defesa Civil do Recife mantém um plantão permanente, podendo ser acionada pelo telefone 0800 081 3400. A ligação é gratuita e o atendimento 24h.

A orientação é que, em caso de necessidade, moradores de locais de risco procurem abrigos seguros e acionem o órgão.

Governo

Confira a nota do Governo de Pernambuco com informações sobre a situação do Estado:

O Governo do Estado de Pernambuco através dos seus órgãos competentes vem acompanhando as fortes chuvas que vêm atingindo sobretudo a Região Metropolitana do Recife desde a sexta-feira, dia 09 de abril.

As equipes da Secretaria da Defesa Civil do Estado vêm acompanhando através da APAC e das Coordenadorias Municipais de Defesa Civil os índices pluviométricos e os níveis dos rios das regiões atingidas.

O Governo do Estado de Pernambuco através dos seus órgãos competentes vem acompanhando as fortes chuvas que vem atingindo sobretudo a Região Metropolitana do Recife desde a sexta-feira, dia 09 de abril.

As equipes da Secretaria da Defesa Civil do Estado vêm acompanhando através da APAC e das Coordenadorias Municipais de Defesa Civil os índices pluviométricos e os níveis dos rios das regiões atingidas.

Até agora, as Coordenadorias Municipais de Defesa Civil registraram através da nossa Central de Operação, vários pontos de alagamento e deslizamentos de barreiras em alguns casos houve danos materiais, porém todos sem o registro de vítimas. As principais ocorrências foram registradas nos municípios de Abreu e Lima, Cabo de Santo Agostinho, Jaboatão dos Guararapes, Recife, Olinda e São Lourenço da Mata.

O Corpo de Bombeiros Militares de Pernambuco também atendeu diversas ocorrências nas últimas 24h em toda Região Metropolitana do Recife, entre elas tivemos: o atendimento a 09 deslizamentos de barreiras, 32 pessoas que ficaram ilhadas, 85 fiações elétricas que ficaram incendiadas, 05 árvores caídas em vias públicas e 1 homem que caiu num Canal em Lagoa Encantada e continua desaparecido.

Devido às fortes chuvas, o Departamento de Estradas de Rodagem (DER) também registrou nas últimas 48h, vários pontos de retenção de água na Região Metropolitana do Recife. O Túnel Felipe Camarão foi um dos pontos e encontra-se interditado. O órgão enviou equipe técnica ao local e diagnosticou a necessidade de permanecer isolado. Ainda sobre a ação no equipamento, o DER destaca que conta com o apoio da CTTU para orientar os condutores, evitando, assim, retenção do fluxo e da Grande Recife Consórcio de Transporte, com novas rotas temporárias de seus serviços prestados. O órgão está trabalhando para viabilizar a circulação de veículos o quanto antes.

O DER indica aos motoristas que vêm no sentido Jaboatão/Recife, com destino ao bairro do Jordão, que sigam pela Avenida Mascarenhas de Morais, em direção ao Recife, e retornem pelo viaduto sobre a linha férrea, em frente ao edifício-garagem do Aeroporto.

Para os motoristas que estão saindo do bairro do Jordão sentido Recife, devem seguir pela direita, pegar a Av. Mascarenhas de Moraes sentido Jaboatão e retornar pelo viaduto após a entrada de Porta Larga.

No trecho do km 18,3 da BR 232, em Jaboatão dos Guararapes, no sentido Recife (próximo ao Alphaville), também há retenção de água. O DER já enviou equipe ao local para realizar a drenagem no trecho e reestabelecer o tráfico de veículos na rodovia.

Índices de chuva

De acordo com a Agência Pernambucana de Águas e Clima – APAC os maiores índices pluviométricos registrados nas últimas 24h foram: Olinda (191 mm), Jaboatão dos Guararapes (189 mm), Cabo de Santo Agostinho (179 mm) e Recife (167 mm). (dados atualizados às 17h)

De acordo com a Agência, o sistema meteorológico que vem causando tanta chuva é conhecido como Distúrbio Ondulatório de Leste – DOL, intensificado pela confluência dos ventos em baixos níveis. O cavado de médios níveis estava presente com intensidade considerável e não havia bloqueios atmosféricos.

Condições de níveis de rios

Até o momento, em São Lourenço da Mata, no rio Capibaribe, apresentou nível de alerta, contudo encontra-se em tendência de retorno ao nível normal.As Plataformas de Coleta de Dados do município de Moreno, Nazaré da Mata e Ribeirão, nos rios Jaboatão, Tracunhaém e Amaraji, respectivamente, encontram-se subindo e seguem monitorados pela APAC, bem como os demais rios que estão com os níveis normais. Na Mata Sul, todos os rios encontram-se em situação normal e também permanecem sendo monitorados.

Previsão do tempo

A previsão do tempo da APAC indica que ainda há condições para pancadas de chuvas de intensidade moderada a forte no período da noite. Podem ocorrer redução gradual da intensidade das chuvas no decorrer desta segunda-feira dia 12/04.

O sistema meteorológico continua causando pancadas de chuvas em parte do Litoral e na Zona da Mata podendo ocasionar pancadas de chuvas moderadas em algumas áreas do Agreste e Sertão de forma isolada. Por conta de todos esses fatores e o solo das regiões estarem já bastantes saturados, a APAC está renovando o aviso meteorológico de Estado de Atenção.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.