ENTREVISTA

Homem mordido por tubarão em Piedade deu um murro no animal para se proteger; veja a entrevista

Everton Guimarães recebeu alta do Hospital da Restauração após ataque de tubarão. Ele pede ajuda para comprar medicamentos

Homem mordido por tubarão em Piedade deu um murro no animal para se proteger; veja a entrevista

Imagens mostram momento em que banhista foi socorrido após sofrer ataque de tubarão em Piedade. - Foto: Reprodução/ Internet

O despachante atacado por tubarão na praia de Piedade recebeu alta, nesta sexta-feira (06), e revelou os momentos dramáticos que passou. Em entrevista à repórter Dyandhra Monteiro, da TV Jornal, Everton Guimarães contou que chegou a dar um murro no animal, na tentativa de se proteger e conseguir escapar do ataque. Ele estava internado no Hospital da Restauração desde o dia 26 de julho, após ser mordido nas nádegas e coxas. Veja a entrevista abaixo:

''Sentimento de alegria, de estar em casa e com a família. (O ataque) foi na hora em que estava voltando para a areia, ele chegou e me atingiu. Foi muito rápido. Eu nem vi (o animal), mas consegui acertar um murro e ele se assustou. Se eu não me defendesse, não estaria contando a história. Só tenho a agradecer (pelo socorro) por ter sido muito rápido. Os bombeiros chegaram e fizeram com que eu perdesse o mínimo de sangue'', informou.

Ajuda para comprar remédios

De acordo com informações passadas pelo próprio Everton Guimarães, as dificuldades financeiras impedem que ele consiga custear remédios necessários para se recuperar totalmente do ataque do tubarão e pede ajuda. Se você tem interesse em ajudar Everton, segue a chave PIX, através do seguinte número: (81) 9 8326-0312.

Everton também enviou um vídeo para o programa O Povo na TV no qual aparece dando os primeiros passos desde que sofreu o ataque de tubarão em Piedade e foi socorrido pelos bombeiros. Veja o vídeo abaixo:

Morte de banhista

O incidente aconteceu 16 dias antes o auxiliar de serviços gerais Marcelo Costa Santos, 51 anos, ter morrido após ser mordido pelo animal no mesmo ponto da Praia de Piedade. Testemunhas contaram que a vítima não havia ingerido bebida alcoólica e estava no raso. Ele entrou no mar para se limpar. 

O tubarão chegou a amputar a mão direita da vítima e a causar um ferimento profundo em sua coxa direita. Ao chegar no hospital, a vítima teria sofrido uma parada cardiorrespiratória e falecido. 

Trecho perigoso

Desde que Pernambuco iniciou os registros oficiais de incidentes com o tubarão, em 1992, a Igrejinha de Piedade, em Jaboatão dos Guararapes, é apontada como a área com o maior número de ataques

> Por que alto risco de ataque de tubarão em Piedade e o que fazer para evitar? Especialista explica

A lista oficial de pessoas atacadas por tubarão no Estado tem início com um caso ocorrido em 1992. Mas relatos de testemunhas e familiares de vítimas revelam que incidentes com esse tipo de animal em Pernambuco já aconteciam desde o início do século passado. Em 2012, o Jornal do Commercio contou a história do padre que morreu após um ataque em frente à Igrejinha de Piedade.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.