Golpe

Golpistas clonam WhatsApp com perfil falso no Instagram; saiba como evitar


Com perfis falsos no Instagram, golpistas oferecem promoções, sorteios e outros tipos de "ofertas" para clonar contas de WhatsApp

Gustavo Henrique
Gustavo Henrique
Publicado em 21/10/2021 às 17:55
Foto: Alfredo Rivera/Pixabay
FOTO: Foto: Alfredo Rivera/Pixabay
Leitura:

Mais um dia, mais um golpe diferente: você está em paz, até que chega uma mensagem pelo Instagram. Nela, há a oferta de uma viagem grátis para um lugar paradisíaco, desde que informe o seu nome completo e o número de telefone.

Depois, um código de seis dígitos enviado via SMS é solicitado para que a promoção seja confirmada. E quando você se dá conta, o seu WhatsApp foi clonado pelos golpistas.

Esta é mais uma artimanha para clonar o WhatsApp: criminosos estão utilizando perfis falsos para aplicar esse tipo de golpe pela rede social.

Golpe com perfil falso do Instagram visa clonar WhatsApp

A ação é praticada, inicialmente, pela ferramenta de mensagens do Instagram. Com um perfil falso de uma empresa ou instituição, os golpistas entram em contato repentinamente com a vítima pela rede social e oferecem alguma oferta bastante chamativa. É o caso de um fim de semana grátis em um hotel, por exemplo.

A mensagem pede algumas informações pessoais para que a oferta seja “resgatada”. Entre elas, está o nome completo e o número de telefone com DDD da vítima. Em seguida, após o envio dos dados, os golpistas também solicitam um código de seis dígitos que será encaminhado via SMS para fazer a confirmação.

E é aí que vem o pulo do gato: o código enviado via SMS nada mais é que o código de ativação do WhatsApp. Esta credencial permite que a conta do mensageiro seja acessada através de outro dispositivo. Assim, caso a autenticação em duas etapas não esteja habilitada, a vítima terá a sua conta invadida pelos criminosos.

.

E como evitar esse tipo de golpe?

Tanto o Instagram quanto o WhatsApp oferecem meios para fortalecer a segurança nas plataformas. O Instagram orienta que os usuários denunciem contas que estejam se passando por outras pessoas ou estabelecimentos comerciais. O Instagram ainda informa que é preciso desconfiar de ofertas com preços muito abaixo dos valores médios praticados no mercado.

Já o WhatsApp orienta o uso da autenticação em duas etapas e a nunca compartilhar com terceiros o código de verificação enviado via SMS ou ligação.

O especialista da ESET dá mais conselhos. Ele explica que o primeiro passo é sempre desconfiar: “qualquer tipo de abordagem passiva, ou seja, que você não solicitou diretamente, que venha a pedir seus dados, é um golpe em potencial”. Neste caso, o mais seguro é recusar o pedido, evitar o contato e denunciar o perfil falso.

Caí no golpe e clonaram meu WhatsApp. E agora?

Caso os golpistas consigam acessar a sua conta do WhatsApp, o advogado Adriano Mendes orienta a retomada do serviço o quanto antes. Também é importante:

  • Comunicar aos bancos;
  • Alterar todas as senhas;
  • Registrar um boletim de ocorrência;
  • Informar às redes de contato para alertar o ocorrido.

Passado o susto, também, deve-se reunir provas do golpe sofrido, o que pode ser feito com prints da conversa com o criminoso, comprovante da transferência, tratativas com o banco, além da realização de um boletim de ocorrência”, explicou. “Com as provas reunidas, o próximo passo é buscar o judiciário, ingressando com uma ação judicial para reaver o valor perdido.”

O WhatsApp também informou que a vítima deve tentar registrar a conta novamente em seu celular para que o criminoso perca o acesso.

Muitos golpistas usam sua lista de contatos para solicitar informações sigilosas e pedir depósitos em dinheiro. Se sua conta for violada, entre em contato com pessoas próximas para avisar sobre o ocorrido e para que ninguém possa se passar por você", explicaram

Mais Lidas